Mansão de Zilu em Alphaville é penhorada por dívidas

Mansão de Zilu em Alphaville é penhorada por dívidas

1
Compartilhar
zeze-di-camargo-e-zilu alphaville

A mansão de Zilu Godoi, ex-mulher Zezé Di Camargo, na região de Alphaville, foi penhorada em agosto pela 2ª Vara do Trabalho de Barueri por dívidas trabalhistas de uma construtora ligada ao cantor sertanejo.

Zilu entrou com ação no Foro de Santana de Parnaíba na qual pede a anulação da partilha de bens com o ex-marido, alegando que ele lhe enganou, segundo matéria da revista Veja São Paulo. A alegação é que Zezé declarou passar por problemas financeiros quando, na verdade, segundo o advogado de Zilu, esvaziou o patrimônio do casal ao tirar empresas de seu nome. Assim, na partilha de bens Zilu acabou ficando com uma companhia cheia de débitos.

Zezé e Zilu se divorciaram em 2014, após mais de 30 anos de casamento. Ela recebeu cerca de R$ 3,8 milhões e participação na Construmax, uma construtora que pertencia ao cantor e sofre diversos processos trabalhistas, o que levou à penhora do imóvel de Zilu.

Na nova batalha judicial contra o ex-marido, ela pede a divisão do que foi acumulado por Zezé mesmo depois da separação, como R$ 5 milhões por ano pelas propagandas das Lojas Marabraz.

Segundo a matéria da Veja São Paulo, o cantor ficou surpreso ao saber do novo processo. “São totalmente descabidas e mentirosas essas alegações de ter sofrido golpe, pressão e coação ou de Zezé ter ‘esvaziado’ seu patrimônio”, disse Cesar Miano, advogado que representou o ex-casal na partilha, à revista. No processo, Miano também é acusado de favorecer o cantor. “Muito pelo contrário: foram atendidas todas as exigências dela, fato que será provado por meio de documentos que serão juntados ao processo.”

Em 2017, Zilu mostrou detalhes de sua mansão em Alphaville ao “Programa do Gugu”, da Record TV:

Compartilhar

Comentários