“Me sentia um lixo. Mulheres eram tratadas como pedaço de carne”, diz Juju Salimeni sobre Pânico

0
Juju-Salimeni
Reprodução / Instagram

A influenciadora fitness Juju Salimeni falou, em entrevista ao colunista Leo Dias, do portal “Metrópoles”, das dificuldades do tempo em que foi uma das principais “panicats” no programa “Pânico”. “Ganhava 200 reais por programa. Me sentia um lixo. As mulheres eram tratadas como um pedaço de carne”, afirmou.

publicidade

Juju Salimeni diz que começou a ter problemas emocionais na época do programa e chegou a ter depressão. “Tinha que pular de um penhasco e estar plena. Comecei a fazer tudo no automático. Estava apática, só queria ficar sozinha e as pessoas achavam que eu era antipática”, lembrou.

publicidade

Comentários