Início Almanaque Minimercado que não precisa de funcionários chega a Osasco

Minimercado que não precisa de funcionários chega a Osasco

0
minha quitandinha osasco
Thiago Viana Fotos & Videos

Um minimercado que não precisa de funcionários e funciona 24 horas por dia. É o Minha Quitandinha, instalado dentro de condomínios residenciais, empresariais e centros esportivos, que acaba de chegar a Osasco. O modelo foi criado pela startup catarinense de mesmo nome.

publicidade

Criada no ano de 2020, em Balneário Camboriú (SC), a Minha Quitandinha funciona inspirado no conceito honest market e traz itens básicos que podem ser encontrados em mercados de bairros. Assim, como os minimercados tradicionais, há gôndolas onde os produtos ficam expostos e o cliente vai até o local para escolher o que deseja.

O funcionamento é viabilizado pelo sistema de self-checkout. São mais de 700 produtos disponíveis e as compras são realizadas por meio de um aplicativo. O consumidor escaneia o código de barras dos produtos que deseja adquirir e paga diretamente pelo app, via cartão de crédito ou débito cadastrado anteriormente. A geladeira de bebidas alcoólicas conta com um sistema que só destrava depois de confirmar que o usuário tem mais de 18 anos.

publicidade

“Em tempos de isolamento social, devemos considerar que as pessoas estão mais receosas em sair de casa para ir até o supermercado, enfrentando filas e as temidas aglomerações. Além da praticidade, segurança e comodidade, na Minha Quitandinha, o cliente não tem qualquer tipo de contato com funcionários. Tudo é feito pelo próprio consumidor, desde a escolha do produto até o pagamento via aplicativo”, declara Douglas Pena, CRO e sócio da startup.

Cashback para o condomínio

“Para os condomínios, ter este tipo de serviço não gera nenhum custo. Muito pelo contrário, é uma excelente oportunidade de gerar cashback que pode ser utilizado em benfeitorias para o próprio condomínio, além de valorizar o empreendimento como um todo e os imóveis dos moradores”, completa Pena.

publicidade

A startup conta hoje com 17 lojas instaladas nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Pará, enxerga um grande potencial para crescer com este modelo de negócio em meio a pandemia de covid-19. Em São Paulo, além de Osasco, entre as primeiras cidades que passam a contar com essa nova experiência de compra estão os municípios de São Carlos, Salto e Avaré, no interior paulista.

O minimercado inteligente é indicado para condomínios a partir de 150 apartamentos/casas e demais locais, com fluxo médio diário acima de 500 pessoas.

EMPREGOS// B2W tem diversas vagas abertas em Barueri, Osasco, São Paulo e em home office

Comentários