Mulher encontrada morta às margens de rodovia em Itapevi era empregada doméstica

Mulher encontrada morta às margens de rodovia em Itapevi era empregada doméstica

3
Compartilhar
vilma assassinada itapevi

É da empregada doméstica Vilma Marques Batista, de 43 anos, o corpo encontrado em uma vala às margens do Km 48,5 da rodovia Engenheiro Renê Benedito da Silva, região da divisa entre Itapevi e São Roque, na manhã desta quinta-feira (10).

Vilma foi estrangulada com a alça da própria bolsa. O assassino roubou o celular dela. A mulher trabalhava como empregada doméstica em um condomínio de Alphaville.

A mulher costumava fazer uso de cocaína e, na madrugada em que foi morta, saiu de casa, no bairro Monte Serrat, dizendo ao companheiro, com quem havia tido uma discussão, que iria comprar cerveja.

Publicidade

Há a suspeita, ainda não confirmada pela perícia, de que a mulher tenha sofrido abuso sexual.

Quem tiver informações que possam levar ao assassino de Vilma por ligar para o Disque Denúncia 181, com anonimato garantido. (Com informações do jornal “Itapevi Agora” e rádio Coluna FM).

Compartilhar

Comentários