Osasco confirma primeira morte por coronavírus e tem outras 5 em investigação

0
Com o 8º maior PIB do país, município registra índices altos de criminalidade e deixa a desejar na saúde, transporte e cultura / Foto: Secom Osasco
Foto: Secom

A Prefeitura de Osasco confirmou, na noite deste domingo (29), a primeira morte em decorrência do novo coronavírus (covid-19) no município.

“É um dia triste para a nossa cidade. Tivemos a primeira morte confirmada por coronavírus no nosso município. Tem o exame e a contraprova do Instituto Adolfo Lutz”, afirmou o prefeito de Osasco, Rogério Lins, em transmissão de vídeo ao vivo na noite deste domingo (assista abaixo). Ele não deu mais detalhes sobre o óbito confirmado.

“Temos também outras mortes sendo investigadas, que têm todas as características de coronavírus”, completou ele. “Todos os exames apresentam um quadro de coronavírus, mas só vou oficializar quando a gente tiver 100% de certeza”. De acordo com a Prefeitura são atualmente cinco mortes com suspeita de coronavírus em investigação no município. Eram seis, mas uma foi descartada após exame.

Publicidade

Na noite de sábado (28), Rogério Lins afirmou que há óbitos com suspeita de coronavírus nas redes pública e privada de Saúde do município.

17 casos confirmados

Ainda de acordo com dados oficiais, Osasco tem atualmente 17 casos do novo coronavírus confirmados. “Todos estão sendo acompanhados pela Secretaria de Saúde de Osasco. As pessoas estão em isolamento domiciliar e com boas condições clínicas de saúde”, diz a Prefeitura.

A cidade tem ainda 854 casos suspeitos notificados, dos quais 706 estão em análise e 125 foram descartados por critério laboratorial.

Rogério Lins voltou a reforçar a importância do isolamento social para evitar a disseminação do novo coronavírus.

ERRATA:

Diferentemente do informado inicialmente, são cinco, e não seis, o número de mortes relacionadas ao coronavírus em investigação no município até a noite deste domingo (29). A cidade tinha seis óbitos com suspeita, mas a covid-19 foi descartada em um deles após exame. O texto foi corrigido.

coronavírus osasco 29 03
Reprodução

Comentários