Início Cidades Carapicuíba PM acompanha reintegração de posse na Vila Municipal de Carapicuíba

PM acompanha reintegração de posse na Vila Municipal de Carapicuíba

0
reintegração de posse vila municipal carapicuíba
Foto: Reprodução/Record TV

Começou, na manhã desta quarta-feira (25), uma reintegração de posse na Vila Municipal, em Carapicuíba. Na noite de ontem, moradores afetados com a decisão judicial protestaram na avenida Desembargador Doutor Eduardo Cunha de Abreu, fechando algumas faixas e atendo fogo em objetos.

publicidade

Desde as 4h de hoje, um trecho da mesma avenida foi fechado para o cumprimento da decisão, que ocorre com apoio de equipes da Polícia Militar com o 5° BAEP, Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros. Ao menos 300 agentes atuam para garantir que a área, de mais de 23 mil metros, seja devolvida à Prefeitura de Carapicuíba.

Reportagem exibida na Record TV mostra as últimas famílias retirando os móveis e pertences da comunidade. Segundo a Prefeitura, todas as 454 famílias afetadas com a decisão judicial receberão auxílio aluguel de R$ 400.

publicidade

Ainda segundo a administração municipal, mais de 350 famílias já aderiram a carta de crédito ou unidades habitacionais da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), que serão construídas próximo ao Fórum. O terreno para a construção das unidades está em licitação.

Um morador da comunidade, no entanto, afirmou ao Visão Oeste que houve coação para a saída das famílias. “Ninguém quer sair. As pessoas que assinaram [a adesão aos programas habitacionais] foram coagidas. Tem funcionários da Prefeitura e Guarda Municipal aqui na comunidade o tempo inteiro e as pessoas se sentiram coagidas, por isso assinaram”, acusou o comerciante.

publicidade

A Prefeitura destaca a existência de laudos técnicos que apontam riscos na área onde ocorre a reintegração, tais como “deslizamentos, solapamento, entre outros devido à declividade de 45% e trepidação causada pelo fluxo dos trens da [antiga] CPTM [agora ViaMobilidade]”.

Após o cumprimento da decisão judicial, o governo estadual e a Prefeitura de Carapicuíba darão início ao processo legal das obras do viaduto que será construído na área.

 

Comentários