PMDB quer retribuição dos petistas em Carapicuíba

0
O vereador Elias Cassundé (esquerda), do PMDB, e o petista Alexandre Pimentel / Foto: Divulgação

O vereador Elias Cassundé (esquerda), do PMDB, e o petista Alexandre Pimentel / Foto: Divulgação
O vereador Elias Cassundé (esquerda), do PMDB, e o petista Alexandre Pimentel / Foto: Divulgação

publicidade

Fernando Augusto

Em Carapicuíba, três partidos da base aliada do prefeito Sergio Ribeiro (PT) querem a presidência da Câmara Municipal. Ainda não há um consenso entre o PT, PMDB e PDT.
O atual presidente do Legislativo, Alexandre Pimentel (PT), disse que já está com a candidatura inscrita. O partido elegeu três vereadores para a próxima legislatura: além de Pimentel, Abraão Junior e Marciano.
No entanto, o petista diz que a situação não está totalmente definida. “Começamos a conversar”, diz.

publicidade

Partido lançou Tantinho à presidência

O PMDB também terá três parlamentares na Câmara a partir do ano que vem. O vereador Elias Cassundé disse ao Visão Oeste que o partido lançou Francisco Fernandes Teixeira, o Tantinho, à presidência.
Apesar de ter apoiado a reeleição do petista Sergio Ribeiro, Cassundé, que também preside o diretório do PMDB na cidade, diz que é questão de coerência o partido presidir a Casa nos próximos dois anos. “Nós estamos solicitando o apoio do PT, pois apoiamos os candidatos deles nas últimas duas vezes”, explicou.

publicidade

Para Cassundé, existe “boa possibilidade” de o próximo presidente da Câmara ser do PMDB. “Estamos conversando com outros partidos também”, disse.
Entre as legendas cujo apoio está em disputa está o PDT, que elegeu os vereadores Professora Sônia e Zé Amiguinho, e também reivindica a presidência.
As disputas pelos cargos na Mesa Diretora têm deixado as últimas sessões tensas na Câmara, com críticas devido a cortes no orçamento do Legislativo.

 

Comentários