Prazo para saque do abono salarial termina nesta quarta, 31

0
Trabalhador pode consultar se tem direito ao benefício no site www.abonosalarial.mte.gov.br.

Trabalhador pode consultar se tem direito ao benefício no site www.abonosalarial.mte.gov.br.
Trabalhador pode consultar se tem direito ao benefício no site www.abonosalarial.mte.gov.br.

publicidade

A Caixa Econômica Federal informa que o período de reabertura do calendário pagamento do Abono Salarial do ano base de 2014 encerra nesta quarta-feira, 31. Têm direito ao Abono Salarial os trabalhadores que atendem simultaneamente às seguintes condições:

• Estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos;

publicidade

• Ter recebido de empregador contribuinte do PIS/PASEP (inscrito sob CNPJ) remuneração mensal média de até dois salários mínimos, durante o ano-base que for considerado para a atribuição do benefício;

• Ter exercido atividade remunerada, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;

publicidade

• Ter seus dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base considerado.

O calendário está disponível nas Agências da Caixa e correspondentes bancários, como Lotéricas e caixas eletrônicos. Para informações sobre o assunto os trabalhadores poderão ligar também para o telefone 158 do Ministério do Trabalho e no 0800-726-0207 da CAIXA.

Cerca de 900 mil trabalhadores, de todo o país, ainda podem sacar o Abono Salarial do PIS, do exercício 2015/2016. O prazo, que havia terminado no último dia 30, foi prorrogado. Dessa forma, o trabalhador que ainda não retirou o benefício, ganhou uma nova chance de retirar o abono, no período entre 28 de julho e 31 de agosto. “Por decisão do Ministério do Trabalho esse prazo foi estendido por mais um mês, e em torno de R$ 800 milhões ainda podem ser desembolsados”, destacou Paulo Galli, vice-presidente de Governo da Caixa Econômica Federal.

Para o calendário 2015/2016 foram disponibilizados 20 milhões de benefícios do Abono Salarial, o que representa um montante de R$ 17 bilhões. Cerca de 95,7% dos benefícios disponibilizados foram pagos até o momento. Depois desse novo prazo, os valores referentes aos abonos salariais não sacados retornarão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Este ano, a principal novidade fica por conta das novas regras estabelecidas pelo Governo Federal para o saque do benefício. Segundo o novo regimento, o valor do PIS é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. “Quem trabalhou um mês receberá 1/12 do salário mínimo. Para ter direito ao valor total terá que ter trabalhado 12 meses”, explicou Galli.

De acordo com o calendário, quem nasceu nos meses de julho a dezembro, recebe o benefício ainda no ano de 2016, já os nascidos entre janeiro e junho, recebem no primeiro trimestre de 2017. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento.

Comentários