Prefeito de Osasco pede que população não frequente comércio não essencial que permanecer aberto

0
Foto: reprodução

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, reforçou o pedido para que a população não frequente o comércio não essencial da cidade que ignorar a recomendação de suspender temporariamente as atividades para combater à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Um dos principais centros de compras da cidade, o Shopping União é um dos empreendimentos que deve ignorar a recomendação e enviou comunicado aos lojistas dizendo que funcionará no horário habitual.

shopping união coronavírus
Comunicado enviado a lojas do shopping União de Osasco nesta quinta / Foto: reprodução

“É momento de muita cautela, de muita preocupação. Está tendo uma evolução muito rápida [da pandemia do novo coronavírus no município]”, declarou o prefeito, em transmissão de vídeo ao vivo na noite desta quinta-feira (19).

Publicidade

“Quero pedir cautela, precaução, é momento de conscientização. Peçam para as pessoas não irem passear no shopping, não irem passear no calçadão. A gente entende as dificuldades econômicas, mas agora temos que pensar na preservação da vida”, declarou Rogério Lins.

“Se a gente conseguir espalhar essa corrente do bem, naturalmente aqueles que não estão atendendo às recomendações fecharão suas portas”, analisou Rogério Lins. “Estimule o maior número de pessoas a não frequentarem atividades comerciais. Não é hora de ir no shopping, de passear no calçadão”.

A recomendação da Prefeitura é que o comércio não essencial feche as portas a partir do dia 23. Centros de compras importantes, como o SuperShopping e o Osasco Plaza, se anteciparam à solicitação e já não abrem, por tempo indeterminado, a partir desta sexta-feira (20).

A orientação não vale para comércio de itens de primeira necessidade, como supermercados e farmácias.

Comentários