Prefeitos de Osasco, Itapevi e Cotia ignoram pedido de Bolsonaro: “Fico com a sensatez”

0
osasco itapevi cotia coronavírus
Os prefeitos de Itapevi, Igor Soares, e Osasco, Rogério Lins, ignoraram o apelo do presidente Jair Bolsonaro, que quer volta à normalidade em meio à pandemia global de coronavírus, que tem causado milhares de mortes pelo mundo

Prefeitos da região, de cidades como Osasco, Itapevi e Cotia, ignoraram o apelo do presidente Jair Bolsonaro de que as coisas voltem à normalidade, com escolas e comércios abertos e fim do isolamento social em meio à pandemia global do coronavírus. “Eu fico com a sensatez”, declarou o itapeviense Igor Soares.

“Depois de tantas mortes na China, na Itália e agora nos Estados Unidos, fico com a sugestão da OMS (Organização Mundial da Saúde), de promover a quarentena para salvar vidas”, afirmou o prefeito de Itapevi, por meio das redes sociais.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, declarou, nesta quarta: “Fique em casa pela sua vida, pela vida das pessoas que você ama, por um ato de humanidade. Vou sempre atender às recomendações que são técnicas, de infectologistas, epidemiologistas, membros da Vigilância Sanitária, e não políticas”.

Publicidade

O prefeito de Cotia, Rogério Franco, definiu a posição do presidente como “incoerência” e fez um vídeo para explicar a importância do isolamento:

O governador João Doria também criticou duramente o pronunciamento de Bolsonaro: “Insiste em posicionamentos que não estão amparados nas recomendações da Organização Mundial da Saúde e do seu próprio Ministério da Saúde”.

Doria afirmou ainda que Bolsonaro está colocando questões econômicas acima da vida de muitos brasileiros.

Comentários