Reportagem mostra detalhes da mansão de Gugu em Alphaville, Barueri

0
Reprodução / Record TV

Um ano após a morte de Gugu Liberato, uma reportagem especial do programa “Câmera Record” mostrou detalhes da mansão onde o apresentador vivia, em Alphaville, Barueri, e o lugar preferido dele no imóvel, o escritório.

publicidade

A reportagem, exibida na noite de domingo (22), também traz informações sobre a rotina em família de Gugu, com vídeos de momentos junto aos filhos e aos animais de estimação. Lili, a calopsita que era xodó do apresentador, continua vivendo solta na mansão em Barueri.

Reprodução / Record TV
Reprodução / Record TV
Reprodução / Record TV
Reprodução / Record TV
Reprodução / Record TV
Reprodução / Record TV
Reprodução / Record TV
Reprodução / Record TV

Gugu morreu em 21 de novembro de 2019, aos 60 anos, após cair de uma altura de cerca de quatro metros do sótão de sua outra casa, em Orlando, nos Estados Unidos, enquanto tentava trocar o filtro do ar-condicionado.

publicidade

Ele deixou uma herança estimada em cerca de R$ 1 bilhão, que virou alvo de uma disputa judicial entre a família do apresentador e Rose Miriam di Matteo, mãe dos três filhos dele, que ficou de fora do testamento.

Assista aos vídeos do canal oficial do “Câmera Record” com a reportagem especial sobre um ano da morte de Gugu Liberato:

publicidade

Comentários