Seis lugares para conhecer em Embu das Artes

Seis lugares para conhecer em Embu das Artes

0
Compartilhar
Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Adriana Lage

Além da tradicional feira de artesanato que acontece aos finais de semana e feriados, Embu das Artes está repleta de ateliês, lojas de móveis e decoração. Também tem cantinhos especiais para aproveitar um bate e volta de São Paulo.

Viela das Lavadeiras
Seis lugares para conhecer em Embu das Artes

Um discreto portão azul na Rua Boa Vista revela a estreita passagem que desce até a Rua Siqueira Campos no centro histórico de Embu. Murais coloridos, flores e esculturas enfeitam a ruela, endereço de antiquários, empórios e lojas de móveis e decoração.

Publicidade

A Baronesa
Seis lugares para conhecer em Embu das Artes

A loja de dois andares na Rua Joaquim Santana vende belíssimos artesanatos de variados temas e tamanhos. Mesmo que seja apenas para olhar, vale a pena entrar e apreciar tanta beleza. Difícil será sair sem uma sacola.

Museu de Arte Sacra
Seis lugares para conhecer em Embu das Artes

Instalado no antigo convento jesuítico construído na virada do século 17-18, o museu é um exemplar de construção em taipa de pilão. O acervo possui peças dos séculos XVII ao XX e proporciona uma viagem de volta ao tempo da catequização indígena.

Publicidade

O Garimpo
Seis lugares para conhecer em Embu das Artes

O restaurante mais tradicional da cidade fica numa casa colonial do século XIX com decoração estilosa e serve menu variado com o que existe de melhor da cozinha brasileira e internacional. Feijoada e moqueca estão ao lado de fondues e pratos alemães. Em dias bonitos, escolha uma mesa à varanda e, no frio, próxima à lareira.

Centro budista tibetano Chagdud Gonpa Odsal Ling
Centro budista tibetano Chagdud Gonpa Odsal Ling
Entre Embu e Cotia, seguindo pela Estrada Capuava, ergue-se o Templo Odsal Ling, cercado de muito verde, construído segundo orientação de Chagdud Gonpa, que trouxe tibetanos para trabalharem na obra. Aos finais de semana há prática de Tara Vermelha e sessões de meditação. Um budista voluntário está sempre à disposição para guiar os visitantes e falar sobre o lugar, os símbolos e a filosofia budista.

Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima
Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima
A apenas 140m adiante do templo budista, está a igreja do Centro Mariano dos Arautos do Evangelho. Consagrada como basílica em 2015, arrebata corações de qualquer pessoa independente de religião. A arquitetura gótica, o interior com pé direito alto, longos vitrais trabalhados, e paredes, arcadas e colunas pintadas com cores vibrantes tornam este um lugar dos deuses. A visita guiada é gratuita e há um lindo presépio para visitar também. Aos sábados e domingos, celebram missas com canto gregoriano.

*Adriana Lage é editora do portal de viagem Shop & Travel Guides (http://shopntravelguides.com/) e elabora roteiros de viagem há 20 anos.

Compartilhar

Comentários