Início Cidades Barueri Sem subsídios do governo federal, empresas de ônibus de Osasco e região...

Sem subsídios do governo federal, empresas de ônibus de Osasco e região ameaçam parar

0
ônibus coronavírus
A passagem vai aumentar para R$ 5,00 Foto: reprodução

Os usuários do transporte público podem ser afetados depois do anúncio das empresas de ônibus municipais de que pretendem parar se o governo federal não fornecer subsídios para o custeio de combustível. As concessionárias de Osasco, Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira e Cotia ameaçam paralisar os serviços sem o subsídio que, segundo elas, é necessário para repor o aumento dos custos.

publicidade

As empresas argumentam que, em dois anos, os preços dos combustíveis ficaram cerca de 60% mais caros para os brasileiros. Esse percentual representa quase quatro vezes a inflação oficial acumulada do período, de 4,52% em 2021 e 10,06% em 2022, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O último reajuste no preço da passagem na região foi em 1º de janeiro de 2019, quando a tarifa subiu de R$ 4,35 para os atuais R$ 4,50. As empresas de transporte de Osasco e região não aumentaram as passagens em 2020, 2021 e em 2022, e pretendem reajustar o valor já na próxima semana.

publicidade

De acordo com as concessionárias, para compor os parâmetros previstos no contrato de concessão para operação do transporte, o preço da passagem de ônibus em Osasco deveria ser de até R$ 6,94.

publicidade

Comentários