Torcedores do Palmeiras pedem saída de Felipe Melo por apoio a Bolsonaro

1

O volante do Palmeiras Felipe Melo gerou polêmica na rodada deste domingo (16) ao dedicar seu gol em 1 x 1 contra o Bahia ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL). A declaração revoltou palmeirenses que apoiam outros candidatos. Viralizou nas redes sociais um texto da página no Facebook “Palmeiras Antifascista” pedindo a saída do jogador.

publicidade

“Felipe Melo não pode ser mais jogador do Palmeiras. Sua visão de mundo não condiz com um clube que foi fundado por imigrantes, operários das Indústrias Matarazzo. Para seu candidato, seu ídolo, ‘mito’, o deputado nazista o qual dedicou o gol de hoje, os refugiados são a ‘escória do mundo’”, afirma a postagem, que teve mais de 3,6 mil compartilhamentos, 4,3 mil comentários e 11 mil reações até às 13h10 desta segunda-feira (17).

“[Bolsonaro] É racista, homofóbico, machista e destila ódio contra todos fora do padrão homem-branco-heterossexual. É um inimigo dos pobres, assim como esse jogador medíocre. Melo já se demonstrou um inimigo da classe trabalhadora chamando grevistas de vagabundos, já havia declarado voto e apoio ao deputado nazista, e agora usa o Palmeiras como plataforma para disseminar o fascismo”, continua o texto.

publicidade

Outro jogador de futebol que foi alvo de críticas nas redes sociais após declarar apoio a Bolsonaro é o atacante Lucas, do Tottenham (ING).

publicidade

Comentários