Apóstolo Valdemiro se revolta com greve por atrasos nos salários e avisa: “Vamos terceirizar”

0
greve igreja mundial
Reprodução

O apóstolo Valdemiro Santiago se pronunciou sobre a greve realizada por parte dos funcionários da Igreja Mundial do Poder de Deus por atrasos nos salários, no vale-alimentação, e falta de depósitos no FGTS, entre outros problemas. “Tô muito chateado”, afirmou, antes de ameaçar os grevistas: “A gente vai terceirizar”.

publicidade

“Um time de futebol atrasa salários por seis meses e não acontece isso (a greve)”, disse Valdemiro. “Na Igreja, se atrasar três, quatro, cinco dias, acontece isso (a greve). E xingam, e ofendem a nossa honra, e a da nossa família”, afirmou o religioso da Igreja Mundial, segundo o colunista Ricardo Feltrin, do UOL.

“Tô muito chateado com tudo isso. Infelizmente a gente que emprega milhares de trabalhadores, a gente vai ter que comunicar ao Ministério do Trabalho: acabou. Não vamos contratar mais ninguém. A gente é de carne e osso. Durante a pandemia a gente fez de tudo para não repetir o que outras empresas fizeram (redução salarial). Então, o que a gente vai fazer? A gente vai terceirizar; vamos contratar uma empresa pra cuidar do trabalho da Igreja”, declarou Valdemiro Santiago.

publicidade

Parte dos funcionários da Igreja Mundial está em greve desde o dia 10 de novembro por atrasos nos salários e outras irregularidades. Em crise que se arrasta nos últimos anos, a igreja de Valdemiro alegou que não tem “recursos” para fazer os pagamentos agora. Para driblar a falta de funcionários com a greve, a equipe de Valdemiro Santiago, líder da Igreja, está contratando trabalhadores em “bicos”, ainda de acordo com Feltrin.

publicidade

Comentários