Associação denuncia empresas de app de transporte ao Ministério Público Federal

0
motorista_uber 99
Reprodução

A Associação de Motoristas de Aplicativos de São Paulo (AMASP) registrou uma denúncia no Ministério Público Federal (MPF) contra empresas de aplicativo de transporte, na quarta-feira (7).

publicidade

A entidade alega uma possível prática de dumping por parte das empresas em relação às categorias de viagens promocionais, quando são cobrados preços extremamente abaixo do valor comum das viagens.

“Desta forma, os valores recebidos pelos motoristas são cada vez menores, sem que as taxas que devem ser repassadas para as empresas tenham reajuste compatível”, diz a AMASP.

publicidade

A associação pede ao MPF que instaure um processo para investigar as práticas comerciais das empresas na busca por possíveis irregularidades.

Leia também: Defensor público abre ação contra programa de trainee para negros no Magazine Luiza

publicidade

Comentários