Candidato a prefeito é ameaçado em Santana de Parnaíba: “Vou estuprar sua filha”

0
ameaças candidato santana de parnaiba
O candidato a prefeito de Santana de Parnaíba Dr. Daniel Júnior (PSOL), parentes e amigos dele sofreram ataques nas redes sociais

O candidato a prefeito de Santana de Parnaíba Dr. Daniel Junior (PSOL), a esposa, outros parentes e amigos dele receberam uma série de ameaças e ataques racistas e machistas por meio das redes sociais. Os criminosos chegaram a ameaçar a filha dele, de dez anos de idade.

publicidade

As mensagens, do dia 16, diziam frases como “vou estuprar sua filha” e “gosta de defender bandido vagabundo”. A esposa do candidato foi chamada de “mulher de bandido” e uma amiga dele de “p*** afro”. A denúncia foi encaminhada à Justiça de Barueri e à Polícia Civil, que trabalha para identificar os donos dos perfis que fizeram os ataques.

“Se escondem atrás de um computador, atrás de um perfis fakes, para praticar crimes. É flagrante a tentativa de silenciamento das nossas vozes”, declarou Dr. Daniel Junior. “As investigações já estão bem avançadas nas mãos das autoridades competentes e não tenho dúvidas que irão encontrar os criminosos covardes que fazem tais ameaças escondidos atrás das redes sociais”, completou o candidato.

publicidade

Nesta terça-feira (27), a Executiva estadual do PSOL enviou nota de solidariedade a Daniel Júnior e os outros filiados atacados em Santana de Parnaíba: “Não aceitaremos intimidações e ameaças aos nossos militantes, dirigentes e seus familiares”, diz a nota.

“Estamos diante da intolerância, autoritarismo e ameaças como formas da política institucional, estimulado pelo governo central colocando em risco a democracia. Os criminosos devem ser punidos, atentar contra a vida e estupro são crimes. Seguimos na luta contra o discurso autoritário, ameaçador e na construção política do partido na cidade”, completa o texto do PSOL de São Paulo.

publicidade

Comentários