Ciro Gomes faz campanha no calçadão de Osasco nesta quarta (22)

3
Ciro Gomes
Jorge Lapas, o ex-ministro Carlos Lupi e Ciro Gomes durante caminha no calçadão de Osasco nas eleições municipais de 2016 / Foto: arquivo/Visão Oeste

Ciro Gomes, candidato do PDT à presidência, vem a Osasco fazer campanha na manhã desta quarta-feira (22). Ciro deve participar de caminhada no calçadão da rua Antonio Agu, no Centro, um dos maiores polos comerciais do país.

publicidade

Ele será recepcionado pelo ex-prefeito Jorge Lapas (PDT) e candidatos a deputado federal e estadual pedetistas e de partidos aliados por volta das 10h, em frente à estação Osasco da CPTM.

Na última pesquisa Ibope, divulgada na segunda-feira (20), o pedetista aparece na quarta posição, com 5% das intenções de voto, empatado tecnicamente com Marina Silva, do Rede (6%) e Geraldo Alckmin, do PSDB (5%). Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que cumpre pena em Curitiba lidera, com 37%, seguido de Jair Bolsonaro (PSL), que tem 17%.

publicidade

No cenário com Fernando Haddad na disputa no lugar de Lula, Ciro Gomes figura em terceiro com 9% das intenções de voto, atrás de Jair Bolsonaro, com 20%, e Marina Silva, 12%. Geraldo Alckmin tem 7% e Haddad, 4%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa ouviu 2.002 eleitores, entre 17 e 19 de agosto, em 142 municípios. Ela foi registrada no TSE com protocolo nº BR‐01665/2018. (Da Redação)

publicidade

Pedetista aciona Justiça para poder visitar Lula 

Ciro Gomes ingressou com ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ), com o objetivo de obter autorização para visitar o ex-presidente Lula, na sede da superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

O recurso, segundo Ricardo Brito, da Reuters, foi apresentado por Ciro, por Carlos Lupi, presidente do PDT, e por André Figueiredo, líder do partido na Câmara dos Deputados. Todos se dizem amigos de Lula e tiveram pedido de visitar o ex-presidente negado anteriormente.

Durante a cerimônia de lançamento de sua candidatura, em julho, Ciro havia elogiado Lula. “Depois de tudo que houve com o ex-presidente Lula, nossa responsabilidade aumenta muito”, afirmou.

“São 207 milhões de pessoas que temos que vestir, que empregar, garantir que se alimentem e que tenham um cuidado médico decente. Todas elas já viram no passado recente que é possível ser diferente quando o governo é conectado com o povo”, destacou Ciro, relembrando as gestões petistas. (Da Revista Fórum)

Comentários

3 COMENTÁRIOS

  1. Já tive ideais esquerdistas, mas me decepcionei quando entendi seu propósito: se pertetuar no governo onde a população fique dependente do Estado. PDT = PT.
    Ciro, ao invés de limpar o nome dos endividados, dê emprego ao pai de família, será muito mais honroso do que ludibriar os incautos com promessas de políticas populistas.

    • Mas o projeto de governo dele foca no trabalho e na produção. Na verdade Ajudar a refinanciar as dívidas ajuda o comércio e esquenta a economia, o que também ajuda com empregos. logo de cara ele quer chegar revivendo a construção civil obstruída por razões burocráticas com o objetivo de gerar emprego rapidamente e movimentar a infraestrutura.
      Além de que a proposta anão é populista. O consumo das famílias é uma das bases da economia de todos os paises., sem isso dificulta o país voltar a ter movimento econômico positivo. Além de que desde a origem do PDT l, com o Brizola, discordam e fazem críticas do PT. Ciro faz das mais duras críticas ao pt, sobre as escolhas em todos os sentidos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem de 60 anos desaparece em Quitaúna, Osasco
Próximo artigoDatafolha: Lula lidera com 39%; sem o ex-presidente, Bolsonaro aparece na frente, com 22%