Confira novos horários e as regras de funcionamento do comércio em Osasco

0
fiscalização comercio osasco
Horário do comércio foi ampliado e as outras regras de distanciamento contra a disseminação da covid-19 continuam valendo; fiscalização deve ser reforçada, segundo prefeito

A partir desta sexta-feira (11) já começa a valer a liberação para funcionamento do comércio até às 23h em Osasco, como anunciou o prefeito Rogério Lins na noite de ontem. A medida visa combater possíveis aglomerações em meio ao período de compras natalinas. As outras regras de distanciamento contra a disseminação da covid-19 continuam valendo e a fiscalização deve ser reforçada.

publicidade

“Ampliaremos o horário de funcionamento de comércios, shoppings, restaurantes, entre outras atividades, que agora, poderão funcionar até às 23h. Com essa ampliação reduziremos aglomerações, e a ocupação máxima permanecerá em 40%”, declarou o prefeito.

No caso do comércio (incluindo os shoppings), a capacidade de atendimento nos locais é de 40%, com 12 horas de funcionamento, até às 23h. Os lojistas devem fazer o controle de acesso, garantindo a lotação máxima de um cliente a cada 1,5 metro de área de vendas ou serviços. Devem ainda fixar no local placa ou aviso contendo horário de funcionamento e o limite da lotação máxima e controlar para que não haja filas internas e externas nos estabelecimentos.

publicidade

Nos restaurantes e similares (com consumo no local), a capacidade de público também é restrita a 40% do espaço, com 12 horas diárias e atividades até 23h. As mesas  têm de ter no máximo seis lugares.

Fica mantida a utilização de área externa ou ao ar livre para os estabelecimentos que já possuam essa autorização, desde que mantida a distância mínima de 1,5 metro para o trânsito livre e seguro dos pedestres.

publicidade

As academias de esporte de todas as modalidades e centros de ginástica só poderão funcionar com 30% da capacidade, mas por 14 horas diárias. Mas clientes e usuários deverão seguir algumas regras, entre as quais fazer agendamento prévio (vedada a entrada fora da escala de horário). As academias também deverão disponibilizar álcool 70% (dispenser) em todas as áreas do estabelecimento, sendo que nas áreas de musculação deverá disponibilizar um frasco por aparelho.

Os acessos também deverão ter controle de identificação dos usuários e cada pessoa (proprietários, funcionários e usuários) deverá usar equipamento de proteção individual (máscaras, luvas e similares).

Todos deverão sujeitar-se à medição de temperatura, sendo considerados casos suspeitos de covid-19 aqueles que apresentarem febre, ainda que leve. Nesse caso, a pessoa não poderá permanecer no local.

Em todos os estabelecimentos comerciais segue obrigatório o uso de máscaras e a higienização constante das mãos com álcool em gel 70%, além do distanciamento entre as pessoas, o que é fundamental para evitar a propagação do coronavírus.

“A fiscalização também será ampliada. É muito importante que você procure horários alternativos para as suas atividades e é fundamental que todos mantenham os cuidados recomendados”, completou Rogério Lins.

A exemplo de outras cidades do estado, desde a semana passada Osasco encontra-se na fase Amarela do Plano São Paulo.

Comentários