Emidio critica Bolsonaro por churrasco com picanha de R$ 1,8 mil o quilo: “Escárnio”

0
emidio bolsonaro
Reprodução

O deputado estadual Emidio de Souza (PT), ex-prefeito de Osasco, criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por fazer um churrasco com picanha que custa R$ 1,8 mil o quilo no Dia das Mães, no domingo (9). “Escárnio”, declarou o parlamentar.

publicidade

“Você bancou o churrasco de dia das mães de Bolsonaro, que teve picanha de 1.800 reais/kg. Com esse valor, é possível comprar 20 kg de picanha comum ou 25 cestas básicas. É escárnio que chama?”, postou Emidio no Twitter.

publicidade

A picanha oferecida por Bolsonaro em churrasco de Dia das Mães no Palácio da Alvorada era de boi da raça wagyu, de origem japonesa. O churrasqueiro “Tchê” levou peças de carne com embalagem personalizada com o slogan “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”.

TRADIÇÃO// Catedral de Osasco vende delícias da quermesse a partir deste sábado (15)

publicidade

Comentários