Esposa de Gugu teria tentado “tirar a própria vida”, diz laudo médico

1
gugu liberato e rose
A viúva de Gugu briga na Justiça por parte da herança do apresentador, estimada em R$ 1 bilhão / foto: divulgação

A viúva de Gugu Liberato, Rose Miriam Di Matteo, teve informações sobre laudos médicos divulgadas nesta terça-feira (18), revelando uma suposta tentativa de suicídio em 2011.

publicidade

As informações foram vazadas pelo jornalista Erlan Bastos, da TV Rede Meio Norte, que teve acesso ao laudo psiquiátrico do Hospital Albert Einstein. Segundo ele, Rose “teria tentado tirar a própria vida, já que ela estava com uma grave depressão, como apontam laudos anexados no processo de exames realizados em Rose na época”, disse.

O caso teria acontecido 2011, logo após o casal ter entrado em uma crise conjugal. O jornalista contou ainda que o contrato que teria sido assinado por Gugu e Rose concordando que a relação seria apenas para a criação dos três filhos pode não ser válido. “Rose estava sob forte efeito de remédios pesados, que poderiam deixá-la fora de suas plenas faculdades mentais na época que assinou o então contrato”.

publicidade

O advogado de Rose, Nelson Willians, falou sobre a divulgação das informações sobre a saúde da viúva à revista Marie Claire. “O vazamento do prontuário médico é mais um ato de desrespeito a Rose. Não obstante, era público que Rose havia assinado alguns documentos em 2011 quando estava em tratamento e sob efeito de forte medicação, reforçando a tese de que, todo documento assinado por ela nesse período é passível de contestação e anulação” , disse.

A viúva de Gugu briga na Justiça por parte da herança do apresentador, estimada em R$ 1 bilhão.

publicidade

 

Ver essa foto no Instagram

 

💣 #EXCLUSIVO 💣 No último dia 4 de fevereiro, divulguei um contrato que Rose Miriam e o falecido apresentador Gugu teriam assinado concordando que a relação de ambos era somente para a criação dos filhos. Porém, hoje tive acesso com exclusividade a laudos médicos que mostram uma versão diferente deste contrato. Em 2010, Rose havia entrado em uma severa crise conjugal com Gugu, segundo argumentam seus advogados no processo. Em 2011, ainda por conta desta crise, Rose teria tentado tirar a própria vida, já que ela estava com uma grave depressão, como apontam laudos anexados no processo de exames realizados em Rose na época. O laudo psiquiátrico detalha ainda que durante os anos de 2011 e 2012, Rose estava sob forte efeito de remédios pesados, que poderiam deixá-la fora de suas plenas faculdades mentais na época que assinou o então contrato. Além de tudo isso, o processo tem diversas fotos de Gugu e Rose em momentos íntimos, defendendo a tese apresentada pelos advogados de Rose de que ambos viviam uma união estável. Tive que borrar as imagens porque o processo corre em segredo de Justiça. Com essas novas informações, você acha que Rose deve receber os bens e pensão após a morte de Gugu ou acredita que ambos eram realmente apenas amigos? Comente abaixo 👇🏼 (ARRASTE PRO LADO)

Uma publicação compartilhada por Erlan Bastos️️️ (@erlan_bastos) em

+ Leia mais: Opinião – Caso Gugu e o direito de família moderno

+ Leia mais: Suposto namorado de Gugu contrata advogados e entra na briga por herança

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. Isso parece aquelas noticias do antigo jornal ‘Noticias Populares’ não, tem fim. Pior são esse meios de comunicação, que não tem mais assunto, e ficam insistindo nisso.Tedioso, falado o
    português ralé: ‘ Já encheu o saco’

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBancos desrespeitam feriado de Osasco, diz sindicato
Próximo artigoOpinião: Bolsonaro, chega de ofensas