Ex-funcionários do McDonald’s em Osasco, Barueri e região terão direito à indenização

0
mcdonalds ppr
Reprodução

Ex-funcionários da rede McDonald’s em cidades como Osasco, Barueri, Carapicuíba, Jandira e Santana de Parnaíba, entre outras, que trabalharam entre 5 de junho de 2012 e de 2015, vão receber pagamento proporcional do benefício PPR – Programa de Participação nos Resultados.

publicidade

O direito consta em acordo firmado entre o Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Apart Hotéis, Motéis, Flats, Pensões, Hospedarias, Pousadas, Restaurantes, Churrascarias, Cantinas, Pizzarias, Bares, Lanchonetes e Sorveterias (Sinthoresp) e o McDonald’s, homologado em março pelo Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP).

O valor pode chegar a R$ 1,8 mil por ex-empregado. O cálculo será conforme o tempo que o colaborador permaneceu na rede de fast food. Serão contemplados os ex-funcionários da base do Sinthoresp. Ao todo, trabalhadores de mais de 30 cidades no estado terão direito à indenização.

publicidade

Segundo o presidente do sindicato, Francisco Calasans Lacerda, o acordo deve beneficiar cerca de 7 mil ex-trabalhadores do McDonald’s. “Nosso sindicato acredita que o diálogo franco entre as partes sempre pode trazer ganhos e melhorar as relações de trabalho”, destacou Lacerda.

Empregados atuais também já recebem PPR em condições mais vantajosas.

publicidade

Serviço

Quem se enquadra no perfil citado deve procurar o Sinthoresp, na rua Cruzeiro, 442, Barra Funda, Capital, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Dúvidas podem ser encaminhadas pelo WhatsApp (11) 97282.3025 (apenas para mensagens) ou pelo e-mail acordoppr@sinthoresp.org.br.

O Sindicato elaborou roteiro de perguntas e respostas sobre o acordo: goo.gl/aw98df

Comentários