Família denuncia festa no vizinho e tem a casa incendiada em Itapevi

0
casa incendiada vizinho itapevi
Reprodução / Record TV

Em Itapevi, uma família teve a casa incendiada após denunciar uma festa que acontecia no imóvel de um vizinho. Além do incômodo causado pelo barulho, o evento ignorava as regras de distanciamento social impostas pela pandemia de covid-19. A parte interna da residência incendiada foi completamente destruída pelas chamas.

publicidade

O crime aconteceu na madrugada de 20 de março. Cansada do barulho causado pelas festas quase diárias do vizinho, Carlos Souza, conhecido como Júnior, de 26 anos, a família decidiu chamar a PM. Os policiais chegaram e interromperam o evento.

No entanto, quando os PMs foram embora, o vizinho e outros frequentadores da festa foram até a casa da família e começaram a depredá-la e pedir para que saíssem ou colocariam fogo na casa, segundo uma das vítimas. Com medo, a família continuou dentro do imóvel, até que os participantes da festa clandestina atear fogo.

publicidade

“Eles começaram a tacar pedras e paus, pedindo que nós saíssemos. Como não saímos, eles começaram a atear fogo”, relatou uma das vítimas a reportagem da Record TV. Com as chamas se alastrando, desesperada, a família conseguiu fugir por uma porta dos fundos. Os criminosos fugiram. A casa ficou completamente destruída por dentro.

Casa ficou completamente destruída por dentro / Fotos: Reprodução / Record TV
Casa ficou completamente destruída por dentro
Antes de colocarem fogo, frequentadores de festa clandestina depredaram imóvel de família que denunciou o evento 

Imagens de câmeras de segurança mostram pessoas que seriam frequentadores da festa clandestina indo em direção à casa da família, inclusive um homem segurando com um galão com um líquido que aparentemente seria gasolina.

publicidade
casa incendiada vizinho itapevi
Câmeras de segurança mostram homem com galão que teria gasolina indo em direção ao imóvel incendiado

O pai da família que escapou por pouco da tragédia clama por Justiça e expressa alívio por todos os moradores terem sobrevivido ao ataque: “Graças a Deus, a vida é mais importante”. A família tem sobrevivido a base de doações. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Itapevi. (Com informações da Record TV)

MOTOBOYS// Ponto de apoio para entregadores em Osasco tem cozinha, banheiro e área para descanso

Comentários