Homem que mandou fotos do pênis por WhatsApp após mulher recusar investidas é condenado a pagar R$ 20 mil de indenização

1
homem é condenado a pagar 20 mil por mandar foto do pênis para mulher WhatsApp
Reprodução

Um homem foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar R$ 20 mil em indenização a uma mulher por assediá-la pelo aplicativo de mensagens WhastApp.

publicidade

Consta no processo que a vítima forneceu o seu número de telefone para o homem por motivos profissionais e afinidade religiosa. O homem, no entanto, se aproveitou para sugerir um encontro intimo entre os dois, o que foi recusado pela mulher.

Após importunar a mulher por doze dias e ter todas as suas investidas recusadas, ele enviou uma foto do seu pênis para a mulher. Em seguida, disse que a foto foi enviada por engano. A mulher decidiu então, acionar a Justiça.

publicidade

No processo, ele chegou a alegar que a foto seria encaminhada à namorada, mas não apresentou provas para sustentar sua justificativa. Em decisão unânime, mantida pela 7ª Câmara de Direito Provado, ele foi condenado a pagar R$ 20 mil em indenização por dano moral à vítima.

>>> Leia também: Furlan diz que Bolsonaro “é mais pela morte do que pela vida” e que leitos para covid-19 em Barueri estão lotados

publicidade

Comentários