Início Polícia Kevinho, Juliette e outros famosos criticam DJ Ivis após agressões à ex-mulher:...

Kevinho, Juliette e outros famosos criticam DJ Ivis após agressões à ex-mulher: “vacilão”

0
Kevinho dj ivis
Fotos: Reprodução

O funkeiro Kevinho, está entre os famosos que repudiaram as agressões cometidas por Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, contra a ex-mulher, a arquiteta Pamella Holanda. Na noite deste domingo (11), Kevinho chamou o músico de “vacilão”, ao ser questionado por um seguidor sobre o caso, nos Stories do Instagram.

publicidade

O morador de Alphaville não foi o único artista que usou as redes sociais para criticar o DJ, autor de hits como “Esquema Preferido” e “Não Pode Se Apaixonar”. Juliette, Pocah, Marília Mendonça, Luísa Sonza, Joelma, Ludmilla, Wesley Safadão e Zé Vaqueiro estão entre as personalidades que se posicionaram.

“Por nenhuma mulher a mais silenciada, a violência não deve e nem pode nos calar. Não existe justificativa. Todo o meu apoio à Pamella e repúdio às cenas e atos de horror do Dj Ivis. Violência contra mulher é crime”, escreveu Juliette, vencedora do BBB 21, no Twitter. “DJ Ivis, você não é vítima. Você é um covarde! Não adianta ficar tentando justificar a agressão a sua mulher. Está gravado”, declarou a ex-BBB Pocah.

publicidade

A cantora Luísa Sonza, que acaba de retornar às redes sociais após um tempo longo dos holofotes, também manifestou apoio a Pamella. “Se metam sim, e se metam muito em briga de homem e mulher. Nada justifica agressão. Como um cara desse ainda não está preso, meu Deus? Que mundo é esse? Isso é desesperador! Que a justiça seja feita. Tem que ser. Não se calem”, escreveu a cantora.

publicidade

“O que aconteceu não tem justificativa. Fui pego de surpresa com cenas que vi na internet. Quero deixar bem claro que sou contra qualquer tipo de violência, principalmente contra mulheres”, disse o cantor Zé Vaqueiro, no Instagram.

“Tentou me estrangular”, desabafa Pamella

O caso ganhou repercussão nacional ainda neste domingo (11), logo após Pamella Holanda publicar nos Stories do Instagram vídeos em que aparece levando uma série de golpes de DJ Ivis. Nas imagens das câmeras de monitoramento da casa onde viviam, no Ceará, a arquiteta aparece recebendo puxões de cabelo e vários chutes na costela, cabeça e rosto. As agressões ocorrem na frente da filha do casal, Mel, de apenas 9 meses.

Pamella denunciou o artista no início de julho e foi submetida ao exame de corpo e delito, que confirmou as agressões. Ao colunista Leo Dias, do “Metrópoles”, a arquiteta disse que vivia um relacionamento conturbado e que apanhou do marido pela primeira vez quando estava grávida da Mel. Ela disse ainda que DJ Ivis “não é nada do que mostra e aparenta nos Stores”.

Pamella contou que costumava flagrá-lo em chamadas de vídeo com outras mulheres e quando decidiu mostrar print de uma suposta traição, Ivis teria partido para cima dela e quebrado o seu telefone, em um dos vários episódios de agressão. “Tentou me estrangular no banheiro e na cama. E o tempo todo dizendo que iria fazer uma besteira, que iria me matar. Me deu uma cotovelada no olho, me encheu de socos nas costas. Fiquei cheia de hematomas”, desabafou.

dj ivis
DJ Ivis e Pamella Holanda/ Foto: Reprodução/Instagram

Ainda no domingo, Xand Avião anunciou o desligamento de Ivis da Vybbe, empresa que administra as carreiras de Zé Vaqueiro, entre outros nomes. “Não admito e nem compactuo com nenhum tipo de violência, ainda mais contra mulher. Não tem explicação. […] Como todo mundo sabe o DJ faz parte da Vybbe, infelizmente, não tem como continuar com ele na nossa empresa”.

Além de lamentar o ocorrido, Xand Avião disse que colocou toda a equipe de seu escritório à disposição de Pamella e Mel. “Estou muito triste, mas não tem como justificar. Nada justifica”, finalizou.

“Eu não aguentava mais chantagem”, se defende DJ Ivis

Dj-Ivis
Produtor usou os Stories do Instagram para se defender das acusações / Foto: Reprodução

Em meio à repercussão do caso, o produtor também foi às redes sociais para se defender das acusações feitas pela ex. Ivis disse que vivia um relacionamento conturbado com Pamella e que não aguentava mais ser “chantageado”. “Você sabe o que é alguém chegar para você e dizer que vai se matar? Não sabe. Nesse vídeo aí, no quarto da minha filha, ela jogou a menina no meu rosto. Não estou tentando justificar. Não justifica nada do que eu fiz, mas ela passou as mesmas coisas no antigo relacionamento, de polícia, boletim de ocorrência, delegacia, viatura, agressão. Tudo do mesmo jeito”, disparou.

Em meio aos desabafos, o produtor publicou nos Stories um vídeo de outra discussão com Pamella. Nas imagens, ele pede para que ela repetisse tudo o que teria dito antes da gravação: “Fala, repete. Tu vai o quê? Se matar? Se não aqui, em outro lugar. É isso?”, diz. Em outro vídeo, ele fala para a mulher: “vai, continua porque eu preciso gravar para mostrar para o juiz”.

Em um dos vídeos expostos pela arquiteta, um homem aparece nas imagens e não faz nada para impedir as agressões do produtor. “Esse cara é o Charles, que eu trouxe da Paraíba para cá porque eu não aguentava mais sofrer sozinho. Esse cara tomou a faca da minha mão. Eu tentei contra mim mesmo porque eu não aguentava”, continuou.

Reprodução

“Sempre que eu tentava sair de casa, eu não podia. Sempre tentava sair de casa, ela não deixava e quando eu conseguia entrar no carro, ela se jogava na frente do carro com a menina no braço”, continuou. “Eu tenho 30 anos e nunca toquei a mão em ninguém. O que eu passei não justifica, mas ninguém aguentaria”, finalizou o artista.

EM ALPHAVILLE// Zilu fica com mansão de R$ 3,6 milhões na partilha de bens com Zezé Di Camargo

Comentários