Lapas começa a encaixar partidos aliados no governo

0

No parque Chico Mendes, Lapas, Prascidelli e os secretários / Foto: Eduardo Metroviche
No parque Chico Mendes, Lapas, Prascidelli e os secretários / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Fernando Augusto

Já são dez os nomes anunciados para formar a equipe de governo que toma posse em janeiro em Osasco. Nesta quinta-feira, 13, o prefeito eleito Jorge Lapas (PT) revelou mais quatro secretários e o presidente do Instituto de Previdência do Município (IPMO).
Nesta semana Lapas passou a dar espaço para os partidos que estiveram aliados durante a campanha. “Tem que tentar ao máximo contemplar os partidos que fizeram parte da vitória, mas também vai de ter quadros. Tem de haver [nos partidos] essa preocupação de preparar quadros que possam responder à necessidade da administração”, disse.

publicidade

Prefeito eleito já anunciou 9 secretários e presidente do IPMO

A Secretaria do Meio Ambiente continua com o PV, e Carlos Marx será mantido à frente da pasta. Também se manterá no cargo o presidente do IPMO, Francisco Cordeiro da Luz, que é indicação do PSB.
Também foram contemplados nesta leva de indicações o PMDB e o PHS, com as Secretarias de Saúde e Esportes, respectivamente.
O novo secretário de Saúde, a área com maior verba no orçamento municipal, será José Amando Mota. Embora filiado ao PMDB, a indicação também é técnica. Amando Mota é médico e especialista em saúde pública. Atualmente ocupa a Secretaria de Segurança e Controle Urbano e foi responsável pela missão de fiscalizar em Osasco a Lei Cidade Limpa.

publicidade

O PHS vai ocupar a pasta de Esportes com Tinha Di Ferreira, que atualmente é secretário-adjunto. É a primeira vez que o partido, que elegeu os vereadores Rogério Lins e Maluco Beleza, vai ocupar uma secretaria.
Também foi anunciada a futura secretária de Educação. Para esta área, Jorge Lapas optou por uma indicação eminentemente técnica, a professora e advogada Régia Maria Gouveia Sarmento, que atua no magistério municipal desde 1982.

Prioridades
Lapas falou sobre algumas das prioridades para as áreas anunciadas quinta-feira. Segundo ele, a principal meta do novo secretário de Saúde será diminuir as filas, principalmente para especialidades, e implantar um centro de oncologia (tratamento de câncer), como consta em seu programa de governo.
Para a Educação, o prefeito eleito citou a demanda reprimida de 8 mil vagas em creches e também o objetivo de ampliar o tempo de permanência das crianças na escola, para chegar ao tempo integral.

Prascidelli não responde a convite para secretaria

Na semana passada, Jorge Lapas disse que havia convidado o vice-prefeito eleito, Valmir Prascidelli (PT), para uma secretaria. Na ocasião, Prascidelli não compareceu ao anúncio dos primeiros secretários.
Nesta quinta-feira, 13, Prascidelli esteve no Parque Chico Mendes, QG da transição, e ao ser questionado sobre o convite não deixou claro se pretende aceitar ou não. “O que eu disse para ele (Lapas) desde o início é que eu quero colaborar com o governo e não ser nenhum empecilho nesse sentido”.
Prascidelli também foi evasivo quando perguntado se ainda há possibilidade de ser secretário. “Possibilidade é de compor o governo da melhor forma”.

Secretarias já definidas

Gestão Pública – Dulce Helena Cazzuni
Administração – Marisa Elizabeth da Silva
Comunicação Social – Roberto Trapp
Finanças – Marcelo Scalão
Trânsito e Mobilidade Urbana – João Gois Neto
Meio Ambiente – Carlos Marx
Saúde – José Amando Mota
Educação – Régia Maria Gouveia Sarmento
Esportes, Recreação e Lazer – Tinha Di Ferreira
IPMO – Francisco Cordeiro da Luz

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFrases
Próximo artigoVisão Atenta