"Tenho certeza que colheremos bons frutos aqui, fazendo um trabalho sério e muito forte com os goleiros", diz Silvio Luiz (3º da esq. para a dir.) / Foto: divulgação

O Osasco Audax acertou a contratação de Silvio Luiz, ex-goleiro de Corinthians, Vasco e que brilhou com a camisa do São Caetano, chegando até a final da Libertadores da América em 2002. Ele comandará a preparação de goleiros da equipe sub-20 do Osasco Audax e terá a Copa São Paulo de Juniores em Janeiro como primeiro desafio pelo clube.

publicidade

Carioca da capital do Rio, Silvio Luiz nasceu em 1977 e atuou nas categorias de base de Vasco e Flamengo. Profissionalmente, seu momento de destaque começou aos 21 anos, quando chegou ao São Caetano.

O clube paulista começava a crescer no cenário nacional e com Silvio comandando a meta, o “Azulão” foi vice-campeão brasileiro em 2000 e 2001, encantando o país e revelando jogadores para diversas equipes.

publicidade

Com o São Caetano, Silvio Luiz chegou até a final da Libertadores da América em 2002 e por pouco não conquistou o título da maior competição sulamericana. O time do ABC venceu a primeira partida no Paraguai contra o Olímpia, mas, nos pênaltis, deixou o título escapar.

Silvio Luiz ainda passou por Corinthians, Vasco, Juventude, América do Rio de Janeiro e encerrou sua carreira no São Gonçalo, também do Rio em 2012.

publicidade

Após um tempo parado, Silvio decidiu voltar ao futebol, mas como treinador de goleiros.

“A cabeça já está voltada para ser treinador de goleiros, com outra mentalidade. A gente procura passar nossa experiência adquirida dentro do futebol, mas não deixa de lado as pesquisas, os estudos, para trazer coisas novas. Tenho certeza que colheremos bons frutos aqui, fazendo um trabalho sério e muito forte com os goleiros”, afirmou Silvio Luiz.

Estilo de jogo

No Osasco Audax, Silvio também terá um desafio diferente. No clube, os goleiros são parte importante do estilo de jogo proposto, com muita posse de bola, e participam constantemente na partida com os pés, algo que o ex-goleiro admite que já gostava de fazer quando atuava.

“O Audax tá revolucionando com sua forma de jogar, procurando jogar bastante com os goleiros, vários clubes estão copiando essa ideia. Quando eu jogava, gostava bastante de jogar com os pés, mas naquela época os treinadores não confiavam muito e hoje em dia isso está mudando, começando com o Audax”, declara.

Silvio Luiz já trabalha com a comissão técnica da equipe sub-20 no comando de Lucas Macorin, treinador escolhido para dirigir o time na Copa São Paulo.

O primeiro desafio dos dois acontecerá no dia 4 de Janeiro, quando o Audax estreia na Copinha em Barueri contra o Rio Branco do Acre. O grupo do clube na competição ainda tem Floresta (CE) e Santos (SP). Duas equipes avançam para a segunda fase.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui