Mãe teria ajudado assassino do filho a fugir após o crime, em Osasco

0
mãe foge com assassino do filho em osasco
Pablo Henrique, de 22 anos, levou um tiro do namorado da mãe, não resistiu e morreu / Foto: reprodução

Pablo Henrique da Silva, de 22 anos, foi baleado na cabeça pelo namorado da mãe na frente da casa onde morava, no Jardim Rochdale, em Osasco. O jovem chegou ao hospital em estado grave, não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta terça feira (27).

publicidade

O crime aconteceu no sábado, por volta das 23h. Amigos da vítima disseram que Pablo havia acabado de chegar do trabalho e estava na frente de sua casa quando surgiu uma discussão entre seu pai, mãe e o padrasto, identificado como Sandro.

Após a briga, Sandro teria saído para buscar a arma e voltou atirando na direção de Pablo, que correu para dentro de casa e tentou segurar o portão para que Sandro não conseguisse entrar. Do lado de fora, Sandro teria feito três disparos e um deles atingiu a cabeça de Pablo.

publicidade

Imagens da câmera de monitoramento dos vizinhos registraram a discussão e quando Sandro faz os disparos na direção de Pablo. Em seguida, o atirador entra pelo portão para conferir se o jovem havia mesmo sido baleado. “Depois que ele atirou, ele falou ‘esse aí já era. Agora vou matar o pai [do Pablo]’”, contou um amigo da vítima, ao “Cidade Alerta”.

mãe foge com assassino do filho osasco
Foto: reprodução/Record TV

O que intriga amigos, vizinhos e familiares do jovem é que a mãe de Pablo vê o filho baleado e aparece nas imagens mandando o atirador fugir. Ela correu do local sem prestar socorro ao filho, que estava caído na garagem.

publicidade

Em estado grave, Pablo foi socorrido e passou três dias no hospital. Enquanto isso, amigos se reuniam para orar por ele e realizaram um protesto, com cerca de 60 pessoas, que clamavam por justiça. A morte de Pablo foi confirmada na manhã desta terça-feira (27) e abalou ainda mais a todos que conviviam com o rapaz.

Vizinhos afirmam que o assassino de Pablo andava armado. Ele era casado, mas tinha um caso com a mãe da vítima, que havia se separado recentemente do pai de Pablo. Desde então, o jovem que sonhava em ser um jogador de futebol profissional passou a morar com o pai.

O assassino de Pablo fugiu. A mãe de Pablo foi vista na delegacia, onde prestou depoimento e foi liberada. O pai, amigos e familiares do jovem querem que a justiça seja feita. “O Pablo não merecia isso, ele era um moleque muito bom, sabe? Ele não merecia”, lamentou um amigo.

Comentários