Metalúrgicos de Osasco e região vão definir reivindicações da campanha salarial nesta semana

0
metalúrgico osasco
Foto: divulgação

O Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região vai promover quatro assembleias para construir e aprovar a pauta de reivindicações da Campanha Salarial deste ano. A primeira reunião está marcada para quinta-feira (17), a partir das 18h, na sede do Sindicato, e vai reunir metalúrgicos de Osasco, Jandira e Itapevi.

publicidade

Já sábado (19), a partir das 10h, acontecerão três assembleias, simultaneamente, na sede, para os metalúrgicos de Barueri, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Carapicuíba, Alphaville; na subsede de Cotia, para os trabalhadores de Cotia e Vargem Grande Paulista; e na subsede de Taboão da Serra, para os colaboradores de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra e Embu das Artes.

“Neste ano, uma das nossas prioridades é a manutenção dos empregos e direitos, constantemente ameaçados. Vamos lutar para que as formas precárias de contratação e condições de trabalho não se tornem uma realidade dentro da nossa categoria. Para isso a participação dos trabalhadores é essencial”, explica o secretário-geral do Sindicato, Gilberto Almazan.

publicidade

O sindicato vai realizar as reuniões com uma série de medidas de segurança contra a covid-19. Durante assembleias, será obrigatório o uso de máscara, o distanciamento de um metro, pelo menos, e a utilização de álcool em gel.

De acordo com a entidade, entre os assuntos que serão discutidos nas assembleias estão o piso salarial, homologação, contrariedade da utilização de mão de obra temporária e/ou terceirizada, PLR, garantia de emprego ao empregado vítima de acidente de trabalho ou de doença profissional ou ocupacional, proteção contra a covid-19, entre outros.

publicidade

A campanha salarial da categoria é unificada e reúne 54 entidades sindicais filiadas à Federação dos Metalúrgicos de São Paulo e a Força Sindical, que representam cerca de 800 mil trabalhadores em todo o estado.

Comentários