“Nunca tinha visto a Polícia Civil se envolver em ocorrência com tantas mortes”, diz ouvidor

0
Corpos de suspeitos mortos após tentativa de assalto na noite deste domingo, 3, no Morumbi / Foto: Polícia Civil

Em entrevista à Ponte Jornalismo, o ouvidor das polícias, Julio Cesar Fernandes Neves, se disse “surpreso” com as mortes de 10 suspeitos após a tentativa de assalto a uma residência de alto padrão no Morumbi, em São Paulo.

publicidade

“Estou surpreso. Nunca tinha visto a Polícia Civil se envolver numa ocorrência com tantas mortes. Para mim, é inédito”, declarou.

Neves enviou na manhã desta segunda-feira, 4, um ofício ao procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, pedindo que o Ministério Público do Estado de São Paulo acompanhe de perto as investigações sobre o caso desde já, e não apenas a partir da conclusão do inquérito do delegado, como é praxe.

publicidade

LEIA TAMBÉM: 
Ladrões mortos durante assalto no Morumbi também agiam na região

“O MP precisa estar presente desde agora, no DHPP, acompanhando o depoimento de todo mundo. São dez pessoas mortas. Esse caso precisa de atenção suprema”, afirmou Neves à Ponte. A respeito da ocorrência, o ouvidor disse que ainda é cedo para qualquer análise. “Precisamos esperar para saber o que realmente aconteceu”, disse.

publicidade

Comentários