“O Brasil está louco”: traficantes presos com R$ 6 milhões em maconha em Cotia são condenados a serviço comunitário e deputado se revolta

0
droga apreendida cotia
Droga apreendida em Cotia com traficantes que foram condenados a prestação de serviços comunitários / Foto: reprodução

O deputado estadual Coronel Telhada (PP) criticou esta semana as penas, que considerou brandas demais, a traficantes presos em Cotia com mais de 2 toneladas de maconha, que seriam comercializadas por mais de R$ 6 milhões. Os criminosos foram condenados pela Justiça à prestação de serviços comunitários. “O Brasil está louco”, criticou o parlamentar.

publicidade

Na Assembleia Legislativa, Coronel Telhada mostrou uma foto da carga da droga apreendida e comentou: “Essa quantidade de drogas foi apreendida no fim do ano passado: 2,4 toneladas de maconha, em uma chácara em Cotia. O valor dessa carga é de R$ 6,6 milhões. Foram condenados três homens presos em flagrante”, afirmou. “E vocês sabem qual foi a pena destes indivíduos? Eles foram condenados a prestação de serviço comunitário”, protestou.

coronel telhada
O deputado estadual Coronel Telhada (PP)

O parlamentar também fez referência ao deputado federal bolsonarista Daniel Silveira, preso desde fevereiro por ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF). “No Brasil temos deputado preso porque falou e traficante com 2,4 toneladas de maconha fazendo serviço comunitário. O que a nossa Justiça está pensando?”, criticou Coronel Telhada.

publicidade

Comentários

publicidade