Osasquense que corria para economizar passagem de ônibus é atual campeão de ultramaratona

0
Osasquense luciano alves ultramaratona
Foto: Arquivo Serel

O atleta da seleção brasileira Luciano Alves, 27 anos, morador de Osasco, atualmente é o único brasileiro com o melhor tempo nas ultramaratonas 24 horas. Com participações em nível competitivo das provas mais difíceis do mundo, ele é o 1° no ranking brasileiro de 24h (240 km) e 5° no ranking brasileiro de 100 km (7:59:56).

publicidade

Nascido no norte de Minas, Luciano Alves foi criado pela avó até os 10 anos, quando a mesma veio a falecer. Dos 10 aos 14 anos, trabalhou em uma carvoaria, dos 14 aos 16 anos foi cortador de cana. Como a maioria dos meninos sonhava em ser jogador de futebol, mas foi seguindo a vida como ajudante de pintor.

Aos 18 anos, começou a correr para economizar o dinheiro da passagem de ônibus, o que o levou para o mundo da corrida. Finalmente aos 23 anos, mudou-se para São Paulo, por ser o polo das corridas, começando a trilhar um novo capítulo na sua história. Ele é representante da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer de Osasco e foi contemplado pelo bolsa atleta

publicidade

Hoje, em seu currículo de atleta profissional, Luciano pode se orgulhar dos grandes feitos. “O meu objetivo é correr 840 km em 7 dias, em uma esteira, para superar o recorde mundial. Gostaria de promover este evento em um shopping na minha cidade de coração: Osasco”, confessou.

Os próximos desafios do atleta serão em junho, no Uruguai, no Gran Premio Mirita Hernandez de 24 horas, e em setembro a Spartathlon 246 km, que é uma ultramaratona que acontece todos os anos na Grécia, sendo uma das provas de longa distância mais difíceis do mundo e ao mesmo tempo de grande interesse devido ao seu histórico. E em outubro, ele tem o campeonato Mundial de 24 horas na Romênia.

publicidade
luciano alves ultramaratona
Foto: Arquivo Serel

“A rotina do atleta Luciano Alves é impressionante, além dos treinos, simultaneamente faz faculdade de Educação Física e Fisioterapia. Isso nos demonstra que através de treinamento, conhecimento e persistência podemos mudar nossa história”, comentou o secretário de Esporte de Osasco, Rodolfo Rodrigues Cara.

Confira os principais resultados do atleta osasquense:

2019

Campeão da Ultramaratona de 12 Horas de Macaé, Rio de Janeiro (RJ), totalizando 139.091km (30-03) (recorde);

Campeão das 24h – Ultramaratona Termas do Rio Hondo, Argentina (ARG), totalizando 240 km (18 e 19.05), sendo o único latino a correr 240km, em 24 horas ( 2003 a 2021);

Vice-campeão Open Campeonato Intercontinental das Américas (julho 2019) 7h58min- 100km;

Integrante da Seleção brasileira de ultramaratonistas Campeonato Mundial de 24h em Albi na França (outubro 2019).

2018

Vice-campeão da BR135 milhas (217 km em 25h 47min) – Etapa Brasileira da Copa do Mundo de Ultramaratona (SP/MG), (considerada a ultramaratona mais difícil do Brasil).

2017

Campeão da Ultramaratona das 24hs de Campinas São Paulo (SP);

Vice-Campeão da Meia maratona Caminhos de Mar – Etapa Cubatão São Paulo (SP);

Campeão da Corrida de Montanha 77 km de Guararema, São Paulo (SP);

Integrante da Seleção brasileira de ultramaratonistas na Copa do Mundo de 24h, Irlanda do Norte.

2016

Campeão da Meia Maratona (21km) de Montanha – Serra do Japi, São Paulo (SP);

Vice-Campeão da Ultramaratona Internacional dos Anjos(MG) – 235km;

Campeão da Ultramaratona de 100 km de São Paulo (SP) – Clube Espéria.

MOTIVAÇÃO// Atleta osasquense vence obesidade e chega à Seleção Brasileira de Montanhismo

Comentários