Ribamar Silva se recusa a comentar sobre 13º salário de R$ 15 mil para vereadores de Osasco

0
O vereador Ribamar Silva (PRP), presidente da Câmara de Osasco

Questionado pela reportagem do Visão Oeste, Ribamar Silva (PRP) se recusou a comentar sobre a proposta de criação do 13º salário e adicional de férias para os vereadores de Osasco. “Não vou falar”, disse, após a pergunta do repórter.

publicidade

Os vereadores de Osasco estão prestes a votar um projeto de emenda à Lei Orgânica para incluir o pagamento de 13º salário e um terço de férias para cada um dos 21 parlamentares.

LEIA TAMBÉM:
“13º é um direito de todo trabalhador”, dizem vereadores de Osasco sobre projeto polêmico

publicidade

O impacto aos cofres do município ultrapassaria R$ 400 mil. Cada vereador ganha mais de R$ 15 mil por mês.

A aprovação do 13º e adicional de férias para vereadores tem aval do Supremo Tribunal Federal, que autorizou o pagamento do benefício aos parlamentares em decisão no início do ano. Para isso, cada município precisa estabelecer sua legislação sobre o tema.

publicidade

A primeira Câmara Municipal a aprovar 13º e adicional de férias a vereadores foi a de Itapevi, onde os parlamentares ganham mais de R$ 13 mil.

Comentários