Rogério Lins decreta luto oficial de 5 dias em Osasco pela morte do vereador Ni da Pizzaria

0
ni da pizzaria osasco
O vereador Ni da Pizzaria foi uma das 994 vítimas fatais da covid-19 em Osasco até o momento / Foto: reprodução

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), decretou luto oficial de cinco dias em Osasco pela morte do vereador Ni da Pizzaria, aos 53 anos, na madrugada deste sábado (5), por complicações da covid-19, no Hospital Municipal Antonio Giglio.

publicidade

“Com profundo pesar recebi a notícia sobre o falecimento do vereador reeleito da nossa cidade Ni da Pizzaria. Político vibrante, de caráter ímpar, atuante junto à comunidade e um amigo leal. Ni foi um guerreiro na luta contra a covid, doença que o levou nessa madrugada”, declarou, em nota, Rogério Lins.

“Me solidarizo com a família e equipe nesse momento de dor, pedindo a Deus que o receba em seus braços e nos dê forças. Fica decretado luto oficial de 5 dias em Osasco em memória à sua luta”, completou o prefeito.

publicidade

Ni da Pizzaria estava internado desde 17 de novembro no Hospital Municipal Antonio Giglio, onde estava na UTI, intubado, com 80% do pulmão comprometido. A morte foi às 2h36 desta madrugada, segundo boletim médico da direção do hospital.

Nascido em Ourizona, no Paraná, Valdenir Luiz de França chegou a Osasco ainda bebê e morava no Jardim Veloso. Ficou conhecido como Ni da Pizzaria pela forte atuação social desenvolvida com seu comércio junto à comunidade

publicidade

Ele estava no primeiro mandato como vereador em Osasco e havia sido reeleito nas eleições municipais de novembro, com 2.929 votos.

O velório não deve ser aberto ao público em razão das restrições impostas pela pandemia de covid-19.

Covid-19 em Osasco

A cidade registrou, até às 15h desta sexta-feira (4), um total de 889 mortes por covid-19, segundo dados da Prefeitura. São, até a última atualização, 22.601 casos confirmados da doença. A taxa de ocupação de leitos de emergência está em 67,2% e a de respiradores, 23,4%.

covid osasco
Divulgação/ Prefeitura de Osasco

Comentários