Rogério Lins e professores discutem Plano de Carreira do Magistério em Osasco

4
Foto: Ítalo Cardoso

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), se reuniu em seu gabinete na quinta-feira (27), com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos de Osasco e Cotia (Sintrasp) e da Associação dos Professores de Osasco (APOS) para discutir a elaboração do Plano de Carreira do Magistério.

publicidade

As discussões em torno da elaboração de um plano de carreira para a categoria vêm de outras administrações. No atual governo, estão ganhando forma algumas das principais propostas, entre elas a progressão na carreira, adequação ao Plano Nacional de Educação, valorização profissional através das progressões de título e avaliação de desempenho e conhecimento.

Os impactos do novo plano no orçamento da Educação também foram discutidos  no encontro. A expectativa é que o plano de carreira seja finalizado a tempo de que o Executivo o envie ainda este ano à Câmara Municipal para que entre em vigor no início de 2019.

publicidade

“Nossa intenção é chegar a um denominador comum que contemple ao máximo as necessidades da categoria e que também seja algo suportável financeiramente para a administração”, disse Rogério Lins.

“Valorizamos o papel dos nossos professores, por isso estamos discutindo juntos a elaboração do plano. Foi um compromisso assumido por mim”, completou o prefeito. “Um dia não serei mais prefeito, mas quero plantar uma semente, saber que ajudei a fazer algo que acabasse com esse estigma de que Osasco é a cidade da região que mais paga mal os professores.”

publicidade

No encontro, o chefe do Executivo elogiou o aumento na nota obtida (6,1) pelo município no Índice de Desenvolvimento da Eduação Básica (IDEB), referente à avaliação dos primeiros anos do Ensino Fundamental. Osasco tem cerca de 5.600 professores (creche, Emei, Emef e EJA) e em torno de 68 mil alunos.

Participaram do encontro os secretários José Toste Borges (Educação), Soleny Oliveira Pereira (Administração), Pedro Sotero (Finanças) e representantes do instituto de previdência do município.

Nova reunião 

O conteúdo do plano de carreira é discutido por uma comissão que agrega representantes dos professores, do sindicato e do governo. Uma nova reunião acontecerá na manhã de quinta-feira, no gabinete da Secretaria de Administração. Serão avaliados outros pontos apresentados pela categoria, como uma bonificação de 10% para os docentes e realização de concurso público para gestores.

Comentários