Vereadora de Osasco quer distribuição gratuita de fralda descartável para famílias carentes

0
elsa oliveira vereadora osasco
Vereadora Elsa Oliveira / Foto: CMO

A vereadora Elsa Oliveira (Podemos) solicitou que a Prefeitura de Osasco faça um estudo para viabilizar a distribuição gratuita de fraldas descartáveis para mães de bebês em situação de vulnerabilidade social na cidade.

publicidade

Na indicação, a vereadora sugere que o item seja fornecido para bebês de 0 a 4 meses, filhos de mães que fizeram o pré-natal pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e que estão inseridas no CadÚnico.

Na justificativa, Elsa reforça que a iniciativa visa incentivar mulheres a fazer o pré-natal. “A presente indicação visa beneficiar essa faixa da população em busca de incentivar a realização do pré-natal e contribuir com esse item básico, que é a fralda descartável, nos primeiros 4 meses de vida dos bebês. O pré-natal bem feito e o apoio nesse período é fundamental para a saúde desses recém nascidos”, explica.

publicidade

A vereadora de Osasco mencionou dados da Secretaria Municipal de Saúde, apontando que dos 3057 nascimentos registrados de janeiro a setembro deste ano na maternidade Amador Aguiar, somente 1806 mulheres passaram por 7 ou mais consultas pré-natal (pouco menos de 60%). Deste montante, 54 delas não passaram por consulta alguma e 324 passaram apenas por de 1 a 3 consultas, ou seja, abandonaram o pré-natal durante a gestação.

“As famílias que já se encontravam em situação de vulnerabilidade são as que sentem, de maneira mais contundente, os efeitos da pandemia. Considerando ainda que muitas mães não iniciam e dão continuidade ao pré-natal da maneira recomendada pelo SUS”, declara Elsa.

publicidade

A vereadora estendeu ainda o pedido do fornecimento das fraldas descartáveis por 24 meses para bebês de 4 meses aos 2 anos. Neste caso, além de a mãe ter feito o pré-natal pelo SUS, a criança deve estar matriculada em uma das creches da rede municipal de Osasco.

“DIA HISTÓRICO”// Dia da Consciência Negra torna-se feriado em Osasco

Comentários