Após explosão de reclamações, Facily pode ser tirado do ar pelo Procon-SP

0
facily procon
Divulgação

Após a explosão no número de reclamações de clientes insatisfeitos, a plataforma de compras coletivas Facily pode ser suspensa pelo Procon-SP. Em janeiro deste ano, a empresa tinha 21 reclamações de consumidores que tiveram problemas, em outubro, o número de casos subiu para 59.539, um crescimento de mais de 283.000%.

publicidade

“A Facily é recordista absoluta no Procon-SP, nunca um fornecedor no período de seis meses teve esse aumento tão expressivo nas reclamações. Em função desse número alarmante, além da multa, estamos estudando aplicar uma medida mais extrema prevista pelo Código de Defesa do Consumidor, que é a suspensão da plataforma”, avisa Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP.

Os consumidores têm reclamado que o aplicativo – que promete bons descontos nas compras de itens de alimentação, higiene, limpeza etc. – atrasa ou não entrega os produtos, não reembolsa os valores após as reclamações e até mesmo entrega itens estragados ou já vencidos.

publicidade

Em entrevista ao “Fantástico”, da TV Globo, o diretor-executivo do Facily, Diego Dzodan, reconheceu os problemas. “O volume tem sido tão grande que erros acontecem. E, infelizmente, cometemos erros. É inaceitável”, declarou. Ele disse ainda que a empresa pretende regularizar as pendências com os consumidores o mais breve possível. “Pedimos desculpas e nosso compromisso é entregar todos os pedidos ou, se necessário, fazer o reembolso dos pedidos que não chegaram”.

O consumidor que passou por esse problema pode procurar o Procon-SP pelo site www.procon.sp.gov.br ou nos postos de atendimento pessoal – Poupatempos Sé, Santo Amaro e Itaquera e posto avançado dentro do 8º Distrito Policial do DECAP (R. Sapucaia, 206, Brás).

publicidade

Comentários