Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Osasco reúne-se com presidente da Câmara

Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Osasco reúne-se com presidente da Câmara

0
Compartilhar

Nesta terça-feira (20), representantes da diretoria da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Osasco (AEAO) reuniram-se com o presidente da Câmara Municipal de Osasco, vereador Elissandro Lindoso, o Dr. Lindoso, para se apresentarem e se colocarem à disposição do poder público para apoiar e opinar sobre projetos de desenvolvimento sustentável da cidade.

Durante a reunião, o presidente Leandro Fogaça pediu também apoio da Câmara dos Vereadores para acelerar a regulamentação municipal da Lei da Assistência Técnica (Lei Federal 11888/2008) para famílias de baixa renda. “Além de uma oportunidade de trabalho para os profissionais, a legislação representa uma contribuição efetiva que a categoria pode dar aos munícipes, cumprindo um importante papel social para a comunidade”, ressaltou Fogaça.

O presidente informou ao presidente da Casa de Leis que tem dialogado com os engenheiros e arquitetos da Prefeitura Municipal, em busca de uma interlocução efetiva junto à municipalidade para que seja dado seguimento ao plano de cargos e salários dos profissionais ligados à administração municipal.

Publicidade

Os representantes da AEAO aproveitaram para pedir o apoio da Câmara na criação e divulgação de regras para que o sistema de aprovação simplificada de obras seja cumprido, de forma a contornar dificuldades burocráticas que vêm representando obstáculos para obras e reformas de menor complexidade em alguns projetos na cidade, que na avaliação dos engenheiros “poderiam ganhar um rito processual menos burocrático do que os grandes empreendimentos”, destacou Leandro.

O Dr. Lindoso agradeceu a visita e colocou-se à disposição dos engenheiros e arquitetos para apoiar e conduzir na Câmara projetos de interesse da cidade. “Ele se sensibilizou bastante com a nossa pauta e esperamos em breve dar início a novos projetos junto ao Legislativo para valorizar os trabalhos dos engenheiros e arquitetos e auxiliar no desenvolvimento da nossa cidade”, avaliou o presidente da AEAO.

Compartilhar

Comentários