Bandidos se passam por funcionários do Ministério da Saúde para clonar WhatsApp de vítimas

0
whatsapp clonado
Reprodução

A Polícia Civil deflagrou na madrugada desta segunda-feira (13) a operação “Ripley”, visando a prisão de criminosos se passam por funcionários do Ministério da Saúde responsáveis por pesquisa sobre a covid-19 para clonar o WhatsApp das vítimas.

publicidade

Segundo as investigações, os integrantes da quadrilha ligam se passando por servidores do Ministério da Saúde e começam a fazer questionamentos sobre a covid-19 e sobre dados da pessoa, até obterem informações suficientes parar “clonar” o aplicativo de mensagem. Depois, entram em contato com familiares e amigos usando o perfil das vítimas para pedir dinheiro emprestado.

Cinco pessoas foram presas no bairro de Itaquera, na Capital. Foram cumpridos ainda doze mandados de busca e apreensão e diversos dispositivos eletrônicos e comprovantes das fraudes foram apreendidos. As investigações prosseguem.

publicidade

Comentários

publicidade