Campanha evita fechamento de circo de Domingos Montagner em Cotia

0
circo zanni cotia
Um dos fundadores do Circo Zanni, Domingos Montagner morreu afogado no Rio São Francisco em 2016 / Fotos : divulgação

Uma campanha na internet arrecadou recursos para manter o Circo Zanni, que tem o ator Domingos Montagner como um dos fundadores, em sua nova sede, em um terreno no Km 26 da rodovia Raposo Tavares, na região da Granja Viana, em Cotia.

publicidade

Diante dos prejuízos causados pela pandemia de covid-19, a campanha emergencial #SegueZanni conseguiu arrecadar quase 90% da meta de R$ 61 mil. A ação, realiza até o mês de maio, contou com 359 colaboradores, entre os quais artistas como Denise Fraga e Dedé Santana.

“Uma grande rede que se formou e mobilizou pessoas de diversas partes do Brasil e do mundo; e como não poderia ser diferente, o grande público de São Paulo nos abraçou e apoiou como nunca”, declarou a direção do circo, por meio das redes sociais.

publicidade

Sobre a montagem da sede fixa do Zanni, fundado em 2004, em Cotia, os responsáveis declaram: “Muitos esforços foram feitos para transformar um terreno vazio em um confortável equipamento cultural, realizando, desta forma, um  antigo sonho: ter a LONA DO CIRCO ZANNI montada em caráter permanente, para ampliar a atuação do GRUPO, com uma programação diversa e continuada de espetáculos e de ações formativas”.

O projeto conta com as participações de Luciana Lima, Leo Montagner, de 16 anos, e Antônio Montagner, 13, viúva e filhos de Domingos Montagner. Ela é produtora cultural e os jovens fazem parte da trupe circense.

publicidade

Domingos Montagner morreu afogado, aos 54 anos, após ser arrastado pela correnteza do Rio São Francisco, onde nadava em companhia da atriz Camila Pitanga, no dia 15 de setembro de 2016, em meio a gravações da novela “Velho Chico”, da TV Globo.

Comentários