Carapicuíba terá alojamento emergencial para acolher moradores de rua

0
alojamento emergencial carapicuíba
O equipamento terá capacidade para receber 100 pessoas por noite / Foto: divulgação

A Prefeitura de Carapicuíba anunciou, na sexta-feira (7), que está preparando um alojamento emergencial para acolher os moradores de rua em meio à pandemia de covid-19. O equipamento deve ser entregue pela administração municipal ainda neste mês e deve funcionar até dezembro.

publicidade

O alojamento, localizado na avenida General Teixeira Lott, terá capacidade para acolher 100 pessoas por noite. Os moradores de rua poderão dormir no local todos os dias da semana, no período das 19h às 7h. O espaço contará ainda com armário para guardar os pertences, banheiros com chuveiro e itens de higiene pessoal. Também serão servidas as refeições do café da manhã e jantar.

O equipamento terá ainda uma equipe com profissionais de segurança, psicólogos, cuidadores e assistentes sociais, preparados para atender as pessoas em situação de rua, com todas as recomendações de prevenção contra a covid-19.

publicidade

Para facilitar o acesso ao alojamento, a Secretaria de Assistência Social fará uma busca com um automóvel, em pontos de maior circulação da cidade. O Alojamento Emergencial estará à disposição da população de rua até dezembro deste ano, podendo ser prorrogado.

Cuidado com os moradores de rua em Carapicuíba

Desde o início da pandemia de covid-19, a Prefeitura de Carapicuíba realiza ações de proteção à população de rua. No mês de março,foram construídos dois lavatórios comunitários no Calçadão da cidade, que funcionam todos os dias da semana e contam com três torneiras cada.

publicidade

Já o horário de atendimento do Centro POP foi expandido. O equipamento público de assistência às pessoas em situação de rua atende todos os dias da semana, das 7h às 17h, com local para banho e itens de higiene pessoal, gratuidade no Bom Prato, doação de roupas e calçados, encaminhamentos médicos, documentos, e ainda conta com equipe de psicólogos e assistentes sociais.

O Centro POP também distribui máscaras caseiras e orienta diariamente a população de rua sobre medidas de prevenção contra a covid-19, como evitar levar as mãos ao rosto, devida higienização das mãos, usar máscara de proteção facial, evitar aglomerações e, caso sintam-se doentes, procurar uma unidade de saúde próxima, entre outras recomendações.

Comentários