Criminosos usam nome de escritório de advocacia para aplicar golpes em mutuários da CDHU

0
cdhu
Reprodução

Criminosos têm usado o nome de um escritório de advocacia para aplicar golpes em mutuários da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

publicidade

O alerta é do escritório Silva Nunes Advogados, cujo nome tem sido utilizado pelos golpistas, que oferecem falsos acordos para regularizar pendências mediante o pagamento de determinadas quantias.

Em nota, o escritório Silva Nunes Advogados esclarece “que não representa, não negocia e não mantém nenhum tipo de convênio com a CDHU nem com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP)”.

publicidade

“O nome do Escritório está sendo usado de forma criminosa por estelionatários, para aplicação de golpes em mutuários da CDHU”, continua. “Esclarecemos que, atendendo ao Código de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), não enviamos correspondência oferecendo serviços ou promoções. Nossa comunicação com os clientes se dá por meio de papel timbrado e assinado por nossos advogados”.

O escritório explica ainda que não solicita pagamento antecipado de valores e que, ao receber alguma correspondência neste sentido, não se faça nenhum depósito, pagamento ou transferência via PIX.

publicidade

“Sugerimos seguir as orientações da CDHU: desconsiderar a carta e denunciar seu recebimento canais oficiais: o site https://www.cdhu.sp.gov.br (acessar o menu no lado esquerdo, clicar em Contato e Localização e depois em Ouvidoria/Denúncias) ou pelo Alô CDHU 0800 000 2348; registrar um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia (presencialmente ou pela internet) por estelionato ou tentativa de estelionato”, completa o Silva Nunes Advogados.

Comentários