Durante velório, sogro furtou carro de palmeirense morta pelo marido corintiano, diz família da vítima

A família diz que também sentiu falta de joias e demais objetos que pertenciam à vítima

0
marido corintiano mata esposa palmeirense
Reprodução / Record TV

A família de Érica Fernandes, palmeirense que foi morta a facadas pelo marido corintiano após discussão sobre futebol, na região de Pirituba, próximo a Osasco, acusa o sogro da vítima de ter furtado o carro, joias e utensílios do apartamento dela durante o velório.

publicidade

No boletim de ocorrência, obtido com exclusividade pelo Uol, a família afirma que Alexandre Estevam Ceschini, pai de Leonardo Fernandes, e sogro de Érica, levou um Jeep Renegade, duas TVs, uma air fryer, um micro-ondas, uma cafeteira e uma panela elétrica de dentro do apartamento onde o casal vivia com os filhos gêmeos, de 2 anos.

Em entrevista ao Uol, Aline Fernandes, irmã da vítima disse que também percebeu a falta de joias que eram de Érica. “Quando abri a caixa de joias dela, notei que tinha muita bijuteria. De valioso, só a aliança dela. Levaram, por exemplo, as duas pulseiras de ouro branco, dos meninos, cada uma com o nome deles”, acusa Aline.

publicidade

O pai de Érica teria agido com outra pessoa na manhã de segunda-feira (1°), no mesmo período em que ocorreu o velório e enterro da palmeirense. “Eles tiveram a frieza de pisotear sobre o sangue da Érica, da minha irmã, que estava no chão”, lamenta irmã da vítima.

Erica teria sido morta após marido se incomodar com ela celebrando título do Palmeiras na Libertadores / Foto: reprodução

Os parentes afirmam ainda que uma pessoa, que teria se apresentado apenas como Alessandra e se dizia ser advogada, teria levado o celular da vítima, bem como documentos pessoais dela e das crianças.

publicidade

Ao ser procurada pela reportagem, Alessandra Martins Cordeiro, que diz fazer parte da defesa de Leonardo Fernandes alegar ter sido “impedida pela OAB [Ordem dos Advogados do Brasil] de dar qualquer declaração sobre o processo”. Ela também se negou a falar quando foi questionada sobre ter pego o celular e documentos da vítima.

>>> Leia também: Vocalista do Molejo admite que teve relações sexuais MC Maylon, mas nega estupro, diz jornal

Comentários