Empresário que humilhou PM em Alphaville pede perdão e diz que estava sob efeito de álcool e remédios

3
empresario alphaville pm 3
"Agi como nunca deveria ter agido em sã consciência”, afirmou Ivan Storel / Foto: reprodução

O empresário Ivan Storel, de 49 anos, filmado humilhando policiais militares que foram à mansão dele em Alphaville, Santana de Parnaíba, apurar uma denúncia de violência doméstica, gravou um vídeo no qual pede perdão à PM. Ele diz que estava sob efeito de álcool e faz tratamento psiquiátrico.

publicidade

No vídeo, compartilhado nas redes sociais, o empresário não cita a suposta agressão que teria cometido contra a esposa.

“Eu estava na minha casa, estou em tratamento psiquiátrico, estava sob efeito de álcool, de remédio, e aquilo [a chegada dos PMs em sua casa] me transtornou a cabeça. Agi como nunca deveria ter agido em sã consciência”, afirmou Ivan Storel.

publicidade

Na ocorrência, o empresário gritou a uma dupla de PMs que foram à casa dele: “Você é um b…. É um m… de um PM que ganha mil reais por mês, eu ganho 300 mil reais por mês. Quero que você se f…, seu lixo do c…”. Ivan Storel afirmou ainda: “Você não me conhece. Você pode ser macho na periferia, mas aqui você é um b…. Aqui é Alphaville, mano”. Ele também chamou a policial militar feminina de “p…”.

publicidade

O governador João Doria (PSDB) comentou sobre o episódio em publicação no Twitter: “A violência doméstica em São Paulo sempre será combatida como agressor rico ou pobre. Covardia não tem classe social. Também não admite insultos e desrespeito contra nossos policiais. Depois de afrontar o policial, o agressor foi dominado e levado para a Delegacia da Mulher”.

Foi lavrado boletim de ocorrência por desacato, desobediência, ameaça, injúria e violência doméstica. O empresário foi liberado para responder em liberdade.

O caso gerou revolta nas redes sociais, com milhares de internautas apontando uma suposta diferença no tratamento dos policiais militares a ocorrências em áreas nobres e na periferia.

Comentários

3 COMENTÁRIOS

  1. O gostosão se acha a última bolacha do pacote, fodão. com umas biritas à mais, bate na mulher e agredi policial. Simples boicotem a loja de ser desprezível. Que adora mostrar o seu poder financeiro agredindo policiais e batendo em mulher. Fosse na periferia teria sido agredido e talvez alvejado. Dois Brasis que utiliza dois pesos e duas medidas de acordo com a cor do cidadão ou a conta bancária. Triste Brasil!!!! Nojo de tudo. De camisa de seleção á bandeira de Brasil que foram apropriados por fascistas e mal intencionados. Falando em matar adversários que pensam diferente. Onde estamos???

  2. Infelizmente nós ainda vivemos num país em que o dinheiro se sobrepõe à educação, ao respeito e aos valores éticos. Esse Sr. mostrou que apenas tem dinheiro (não tem educação, ética ou respeito) e se lhe for conveniente ele vai passar por cima das instituições e das pessoas que ganham “milzinho”, apenas para se vangloriar nas rodas de amigos que devem pensar como ele. A esposa retirou a queixa e provavelmente deve sofrer mais agressões físicas e morais num futuro bem próximo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais de mais de 9 mil famílias de Barueri serão beneficiadas com cestas básicas do Programa Alimento Solidário
Próximo artigoHoróscopo do Dia | Previsões para hoje, segunda-feira (01/06)