Gerente de pizzaria preso por estupro em Barueri é investigado por tentar fazer outra vítima

0
abuso sexual barueri
Foto: Reprodução/Record TV

O funcionário de uma pizzaria, localizada em um shopping de Barueri, foi preso, na última sexta-feira (3), suspeito de abusar sexualmente de uma colega de trabalho. Ele também está sendo investigado por atacar outra funcionária, no mesmo local.

publicidade

Os crimes teriam ocorrido em uma sala da pizzaria, onde o suspeito usava caixas de papelão para cobrir as câmeras de monitoramento. Um dos ataques aconteceu no dia 16 de novembro, por volta das 20h30. Nas imagens que foram entregues à polícia, ele aparece colocando uma pilha de caixas na frente da câmera.

abuso barueri (
Reprodução/Record TV

A vítima teria notificado a empresa sobre o ocorrido e decidiu procurar a Delegacia de Defesa da Mulher de Barueri para registrar um boletim de ocorrência. Em depoimento, a funcionária contou que foi agarrada, beijada e teve as roupas rasgadas pelo agressor.

publicidade

“Quando olhamos as imagens, a parte que referia-se aos fatos não estava. Dois dias antes, eles [outros funcionários da rede] tinham suprimido. Posteriormente, vieram aqui e apresentaram as imagens corretas”, explicou a delegada Amélia Gonçalves, à reportagem da Record TV.

A delegada afirmou que foi possível identificar uma testemunha do caso e outra vítima do funcionário, que também relatou ter sido atacada por ele, no mesmo local. Na delegacia, o suspeito negou as acusações, mas teve a prisão temporária decretada.

publicidade

Amélia Gonçalves disse ainda que alguns gerentes da empresa teriam se reunido para tentar manipular as imagens da câmera de segurança. Todos os envolvidos foram ouvidos pela polícia e vão responder por fraude processual. A rede de pizzaria informou que eles foram afastados até o fim das investigações.

“MINHA VIDA ACABOU”// “Gatinha da Cracolândia” assume que traficava drogas e se diz arrependida

Comentários