Governo paulista entrega 875 novas viaturas para a PM

0
pm viaturas
Foto: Governo do Estado de SP

O governo de São Paulo entregou, nesta terça-feira (21), 875 novas viaturas para os batalhões da Polícia Militar, com um investimento de R$ 84 milhões. Na ocasião, também foi autorizada a contratação de 378 candidatos aprovados em concursos públicos da Polícia Civil, que devem iniciar as atividades em 2022.

publicidade

A entrega das viaturas foi feita pelo governador em exercício, Rodrigo Garcia. Destinados ao programa de radiopatrulhamento, os novos veículos são do modelo Renault Duster e contam com high light em led e sistema de telemetria que possibilita o seu rastreamento, facilitando o envio de apoio quando houver necessidade.

Todos os veículos são equipados ainda com sistema de rádio com frequência exclusiva ao Centro de Operações da PM (Copom) tem acesso. Serão destinadas 261 viaturas para o policiamento da Capital, 150 para a Grande São Paulo e 464 para todas as demais regiões do interior e litoral paulista.

publicidade

Desde o início de 2019, o Governo de São Paulo entregou mais de 6,4 mil viaturas para reforçar a atuação das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, beneficiando inclusive o Corpo de Bombeiros e o policiamento ambiental e rodoviário. O total investido nos veículos foi de R$ 480,6 milhões.

Contratação de policiais civis

Do total de 378 policiais civis que serão contratados pelo Governo de São Paulo, serão 68 delegados, 84 investigadores, 39 agentes de telecomunicação, 11 papiloscopistas, 143 agentes policiais e 33 auxiliares de papiloscopista.

publicidade

Após o anúncio, o próximo passo é a publicação da autorização no Diário Oficial do Estado. Depois, serão realizadas as nomeações, as posses, e o início do curso na Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra (Acadepol), com duração média de seis meses. A previsão é que os novos profissionais iniciem suas atividades em 2022.

Desde o início da atual gestão, 12.815 policiais, sendo 2.259 civis, já passaram pelos cursos de formação e estão atuando em todo o território paulista. Além deles, outros 103 profissionais da Instituição estão em formação para os cargos de investigadores, delegados, papiloscopistas, auxiliares de papiloscopistas, agentes policiais e agentes de telecomunicações.

De acordo com o governo paulista, também estão em andamento as tratativas para o lançamento de um novo concurso público que permitirá a contratação de 2.750 policiais civis, além de 189 médicos legistas que serão destinados à Polícia Técnico-Científica.

FLUXO INTENSO NAS PRINCIPAIS RODOVIAS// Castello, Raposo e Rodoanel devem receber 1,5 milhão de veículos no Natal

Comentários