Linhas 8 e 9 da CPTM terão investimento de R$ 3,2 bilhões com concessão, prevê governo

0
estação cptm
As linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da CPTM atendem Osasco, Barueri, Carapicuíba e região / foto: Luana Moraes/Visão Oeste

A Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos (STM) publicou, na terça-feira (1°), o edital para a concessão à iniciativa privada das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que passam por Osasco, Barueri e região.

publicidade

O investimento previsto é de R$ 3,2 bilhões entre 2021 e 2028. Poderão participar da concorrência, de forma isolada ou por consórcio, empresas brasileiras e estrangeiras. O participante que oferecer a maior outorga fixa (com valor mínimo de R$ 303 milhões) pela concessão das linhas, pelo prazo de 30 anos, será a vencedora da licitação.

“A concessão trará um benefício enorme para os passageiros que usam diariamente essas linhas, uma vez que a iniciativa privada terá como compromisso promover a modernização das estações, realizando importantes obras de acessibilidade e também para aumentar a capacidade das linhas”, avaliou o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

publicidade

Renovação do pátio de Presidente Altino, em Osasco, está entre os requisitos para a concessão

A concessionária que assumir a operação e manutenção das linhas 8 e 9, que transportam juntas mais de um milhão de passageiros diariamente, terá que detalhar o projeto e a execução dos investimentos previstos.

Também faz parte da lista das obrigações a aquisição de 34 novos trens, a renovação do pátio de Presidente Altino, em Osasco, e investimentos para transferir as atividades de manutenção da CPTM. Entre as responsabilidades estão ainda a modernização dos sistemas de sinalização e telecomunicações e o aprimoramento nos sistemas de energia.

publicidade

Para operar as duas linhas, a nova concessionária vai precisar implementar um novo Centro de Controle Operacional (CCO). Os trens das duas linhas hoje são controlados pelo CCO da CPTM no Brás.

Depois da audiência pública realizada em fevereiro deste ano, a minuta do edital esteve aberta para consulta pública até 30 de abril. De acordo com o governo do estado, foram recebidas 1.684 contribuições para a finalização do texto do edital, que está disponível no site da CPTM.

Leia também: PagSeguro tem inscrições abertas para vagas de estágio

Comentários