Mãe vai pedir para traficante deixar filho sair do tráfico e acaba morta em emboscada para o criminoso

0
morta itapevi
Reprodução

Desesperada para tentar tirar o filho do mundo do tráfico, uma mulher de 50 anos decidiu ir conversar com o chefe do tráfico da área, em Itapevi, e fazer um apelo para que o rapaz não fosse mais envolvido nas atividades ilícitas. No entanto, no mesmo momento em que ela conversava com o criminoso, ele foi alvo de um atentado e os dois acabaram mortos.

publicidade

Segundo reportagem da Record TV, a vítima, identificada como Patrícia, havia acabado de buscar o filho adolescente na Fundação Casa. Para garantir que o menino não fosse novamente aliciado por Evandro Alexandre, conhecido na comunidade como Irmão Branco, ela foi conversar com ele em frente a um comércio, quando os atiradores chegaram.

Ao chegarem da Fundação Casa, o filho de Patrícia pediu para conversar com alguns amigos. Como o garoto demorou para voltar, a mãe deixou o apartamento e desceu para procurar por ele no conjunto habitacional onde viviam.

publicidade

No caminho, Patrícia encontrou o chefe do tráfico e decidiu conversar com ele para tentar tirar o filho do crime. Nesse momento, um carro branco sem placa, com quatro ocupantes, passou em frente ao comércio onde Patrícia conversava com o traficante e os atiradores começaram a disparar contra Irmão Branco. Patrícia também foi atingida pelos disparos.

Ambos não resistiram e morreram. Já os atiradores conseguiram fugir e ainda estão foragidos. No local, foram recolhidos para perícia sete cartuchos de munição de 9 mm.

publicidade

Comentários