Mulher entra em desespero com agência do INSS fechada em Osasco e ameaça se jogar de ponte

0
inss osasco gcm
Divulgação / GCM Osasco

Uma mulher entrou em desespero, teve um surto e ameaçou se jogar do Viaduto Tancredo Neves, em Osasco, após se deparar com a agência do INSS no Jardim Piratininga fechada por decisão judicial (leia abaixo), nesta terça-feira (15). Ela foi salva por uma equipe da Guarda Civil Municipal (GCM).

publicidade

De acordo com a GCM, a mulher desabafou sobre as graves dificuldades financeiras que tem enfrentado com a dificuldade em ter acesso a seu benefício do INSS e a necessidade de comprar remédios controlados.

“Diante disto, as equipes envolvidas na ocorrência se uniram para providenciar a medicação informada e prestaram auxílio na tentativa de novo agendamento na agência do INSS pelo telefone”, afirmou a Guarda Civil Municipal de Osasco.

publicidade

Após o suporte dos guardas, a mulher foi conduzida até a sua residência, onde agradeceu emocionada todo o apoio prestado pelos profissionais de segurança do município.

Reabertura das agências do INSS foi adiada pela Justiça

A reabertura das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no estado de São Paulo está adiada por tempo indeterminado, após decisão judicial. Com a determinação do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, os usuários do serviço deverão reagendar atendimento.

publicidade

A remarcação pode ser feita pelo aplicativo Meu INSS, que pode ser acessado no site. Outra opção para o reagendamento é o telefone 135.

A decisão de manter fechados os postos do INSS em São Paulo atende a ação movida pelo Sindicato dos Trabalhadores do Seguro Social e Previdência Social.

Na decisão, o o desembargador Gilberto Rodrigues Jordan destaca que ainda há problemas em diversas agências, como insuficiência ou falta de equipamentos de proteção individual contra a disseminação da covid-19.

Comentários