Perito acusado de mentir sobre acidente em Carapicuíba que matou filho de Alckmin é afastado

0
filho alckmin acidente carapicuíba
Reprodução

Um perito acusado de mentir no laudo sobre o acidente de helicóptero em Carapicuíba que matou Thomaz Rodrigues Alckmin, 31 anos, filho do então governador Geraldo Alckmin (PSDB), em 2015, foi afastado do cargo pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

publicidade

O perito do Instituto de Criminalística de São Paulo Helio Rodrigues Ramacciotti é acusado pelo Ministério Público de supostos erros propositais nos laudos quase mudaram os rumos do inquérito policial sobre o acidente e levaram ao indiciamento indevido de três pessoas de uma empresa de manutenção.

Na denúncia, a promotora Camila Moura e Silva aponta quatro itens do laudo nos quais Ramacciotti teria inserido informações falsas, como análises que não correspondiam às imagens do helicóptero, laudos copiados e comparações equivocadas com outras aeronaves para justificar as causas do acidente. A defesa do perito nega as acusações.

publicidade

Thomaz Rodrigues Alckmin e outras quatro pessoas morreram na queda de um helicóptero na tarde do dia 2 de abril de 2015. A aeronave, que estava em fase de testes e revisão, caiu em cima de uma casa na estrada da Fazendinha, em Carapicuíba.

O perito Helio Rodrigues Ramacciotti pode recorrer da decisão que o afastou do cargo.

publicidade

Comentários